Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

quem quer respeitar as escolhas dos outros?

não me lembro de te ter pedido para decidires por

 

ando muito confusa.

por um lado, as pessoas defendem a pés juntos a liberdade individual e o direito à autodeterminação.  defendem a igualdade de género e a plena emancipação da mulher.

por outro lado, reduzem a mulher a um ser não pensante e incapaz de fazer escolhas, pois aparentemente, são um mero objeto ou marioneta nas mãos gigantes dos programas de televisão que andam a transportar as mulheres para o tempo – ou quiçá o continente - onde eram – e agora voltam a ser-, meras meninas casadoiras e serventes de seu marido.

questiono o porquê de diabolizar os canais de televisão, neste caso a sic (quem quer namorar com um agricultor?) e a tvi (quem quer casar com o meu filho?), por realizarem estes formatos de programas de entretenimento. quem não gosta, simplesmente, não vê. quem se inscreve para participar fá-lo de livre vontade. quem não concorda com o formato, não se inscreve. ninguém é obrigado ou obrigada a participar ou a ver o programa (um, outro, ou ambos!).

se uma mulher decide concorrer a um dos referidos programas está a usar a sua autodeterminação (lamentarão as senhoras e senhores feministas, que não a use para encontrar a cura para o cancro, para chefiar uma multinacional ou, simplesmente, para mudar o mundo), mas estão a usar o seu direito de fazer o que querem com a sua vida.

temos que deixar de ser arrogantes quanto à nossa opinião sobre o mundo e sobre as pessoas; temos de deixar de ser fundamentalistas e quiçá, se possível, perceber também que as nossas certezas são nossas e que podem não ser a de outros, que aquilo que é melhor para nós poderá não ser o melhor para todos.

tudo tem um contexto. e é esse contexto (social, familiar, cultural, profissional…) que enquadra as opções das pessoas. acreditar na liberdade é aceitar as escolhas dos outros. é não impor as nossas escolhas, mesmo que acreditemos que são as melhores. há vidas tão diversas, percursos tão diferentes, querer que todas as pessoas se enquadrem no mesmo padrão de vida é querer robotizar o ser humano. e no fundo que mal tem se o desejo de uma mulher for casar e ter filhos? que mal tem se não tiver ambição profissional? se o papel que a preenche, que a faz feliz é ser uma “boa” esposa e uma boa mãe. quem somos nós para retirar mérito a essa opção de vida?! porque teremos todas de ser “modernas” e querer ter carreiras de sucesso e atingir lugares de destaque “como os homens”?!

como há muito se diz: presunção e água benta, cada qual toma a que quer.

open mag by saber viver

procurei sempre fazer coisas que me despertassem os sentidos.

ando incessantemente “à coca” de novas experiências.

a saber viver e a prevenir são revistas que me acompanham desde que “entrei” na idade adulta.

as revistas cativaram-me pela qualidade e diversidade dos seus conteúdos. de modo leve, mas rigoroso, abordam assuntos diversos e de interesse geral. demonstram que se podem acompanhar as últimas tendências (moda, maquilhagem, cosmética, lifestyle, saúde e bem-estar,…) de forma instruída.

numa das minhas leituras da revista saber viver descobri que esta estava a organizar a 1.ª edição do open mag no lx factory - lisboa, nos próximos dias 6 e 7 de maio.

open mag.png

a organização descreve o evento como sendo: “dois dias de talks, workshops, desfiles e experiências pensadas para mulheres como nós, num local único, mesmo no centro de lisboa.

venha sentir ao vivo a 1ª edição do open mag/saber viver, onde todas as ideias que fazem da saber viver a revista essencial para quem quer viver melhor, vão estar em destaque.”

nos talks & workshops – “nestes espaços vai poder aprender e discutir os temas que mais a fascinam, obtendo respostas e partilhando ideias.” – a minha preferência recai de imediato para “especiarias: como tirar partido delas!”, “velhas bonitonas, como ser uma delas?”, “faça cosméticos a partir da sua despensa!”, “yoga: transforma o meu corpo?”, “para todos os corpos, os melhores truques”, “quer fazer um blog resultar? apareça!”.

espaços & experiências – “são marcas, ativações, espaços únicos onde vai poder conhecer (e experimentar!) todas as novidades que vivem dentro do mundo saber viver. desde a área da beleza, passando pelo fitness, alimentação, bem-estar ou estilo, a verdade é que nada ficará de fora.”

e está ainda prevista uma open party para a noite de saturday night.

o evento tem um mimo para todos os participantes, para que a sua participação não se esgote no próprio evento: o open bag, o goodie bag oficial do open mag –  um mundo de coisas a experimentar. existe, no entanto, uma diferença no conteúdo do open bag, dependendo de se o participante adquirir o day ticket por 5€ ou o super day ticket, por 20€ (assegurando a organização que, neste caso, o valor do open bag nunca será inferior ao valor do bilhete).

considero o preço bastante bom para todas as possibilidades e experiências que oferece – se optarmos pelo bilhete de 5€ é mais barato que ir ao cinema!

 

diz-se que: existem condições especiais para bloggers. solicita informações através do email: info@openmag.pt 

Mais sobre mim

leitura para crianças

com um xi-coração podes ajudar!

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

diz não à violência doméstica

instagram

facebook

pinterest

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

rasurando

logo.jpg