Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

veneza ... uma viagem fotográfica

estar em casa por tanto tempo e não saber quando poderá ser a próxima viagem faz-me ter saudades dos momentos passados na descoberta doutros lugares e outras realidades.

veneza


a última viagem que fiz foi a veneza em novembro de 2019. exatamente nos dias em que a cidade inundou de forma épica.
veneza é um local turístico por excelência. um local que muitos desejam conhecer. pela sua singularidade e pela mística criada à sua volta.
fomos dois dias apenas. chegamos de manhã cedo e regressamos no dia seguinte noite tarde. honestamente achei suficiente para sentir a essência da cidade (mesmo com as cheias). claro que para aprofundar recantos seria necessário mais tempo; mas o que me atrai no sentir o viver das cidades, das rotinas do seu povo, dificilmente se sentiria no centro de veneza, pelo menos foi a sensação com que fiquei, pois é uma cidade tão turística que está tudo muito direcionado para esse aspeto, havendo pouco espaço para o que é inerente à vida corriqueira da população local.
veneza é uma bela cidade para se passear a pé, para nos perdermos nos seus becos, canais e ruas estreitas (não é preciso grande esforço para nos perdermos  ).

postais da cidade

96670774_276710053506086_7277690553993527296_n.jpg

DSC_0382.JPG

DSC_0535.JPG

venice

96425832_170899240951100_5710220236200869888_n.jpg

97065686_238268337616191_9121949180183445504_n.jpg

96422002_618172839044486_4504130223335276544_n.jpg

97917577_562120951366862_6876892559642198016_n.jpg

96288936_255308805672829_5022460517432688640_n.jpg

 

 

pormenores que captaram a minha atenção

96119424_590578158227115_6973663730508759040_n.jpg

96407261_613139359288606_689558416712007680_n.jpg

96585167_699862747436646_5000019266066448384_n.jpg

96771440_257769462086398_4802775847935148032_n.jpg

97136623_1107723109597171_1939808471566254080_n.jp

97324277_678395666227200_172407293000810496_n.jpg

96382451_905348913247083_4777990884455088128_n.jpg

 

dicas da mami (boas e gratuitas):

- vale mesmo a pena fazer o passeio de barco pelas ilhas de murano, burano e torcello, a viagem dura cerca de 4 horas, custa apenas 20€ e ficamos a conhecer outras realidades de veneza – durante os percursos de barco a/o guia vai fazendo uma introdução à ilha e conta um pouco da sua história. nós compramos online antes de ir e funcionou tudo muito bem, mas se for época baixa dá perfeitamente para comprar no local – como íamos com pouco tempo não queríamos desperdiça-lo em filas, mas a verdade que havia muita gente por todo lado, mas nada de asfixiante.

- achei interessante fazer o percurso do aeroporto para o centro da cidade de vaporetto (autocarro versão barco), é uma forma diferente de chegar a uma cidade também ela diferente (custa 15€ por pessoa). no regresso ao aeroporto optamos pelo autocarro para ver outras paisagens e porque queríamos conhecer a parte da cidade onde se apanham os mesmos – passando pela cidade universitária (8€ por pessoa).

- quem viaja com crianças pequenas tem de pensar muito bem em levar ou não carro de passeio. nós levamos (criança 2 anos) e arrependemo-nos. a maior parte do tempo tínhamos de carregar a bebé e o carrinho, pois com tantos canais, pontes e pontesinhas, as escadas são muitas e o carrinho não dava jeito nenhum. se a criança aceitar o marsúpio é a melhor opção ou então o colinho e as cavalitas.

- no inverno aproveitem qualquer desculpa para beber um delicioso chocolate quente 

 

life is a beach

eu, do alto da minha arrogância, ri-me das pessoas que exageradamente andavam nesta figura

(chovia, tudo bem, mas não era para tanto)

97806583_248403919713945_3358041560724799488_n.jpg

(10€ o par)

no dia seguinte, a praça de s.marcos acordou assim

97275594_236669347563604_4070017344489914368_n.jpg

passadas duas horas a água já me chegava a meio da canela e as minhas maravilhosas dr. martens estavam inundads (pois a água entrava por cima!) ainda hoje têm um cheiro pestilento  mas mantive a minha teimosia e não comprei os preservativos para sapatos!

aqui não podemos dizer que tenha sido esperta, fui apenas (muito) teimosa 

 

 

 

 

 

os sites de compras que me têm safado durante a quarentena

estamos oficialmente há 35 dias em casa (eu, ele e as crias). neste período não saímos absolutamente para nada – excetuando para por o lixo no contentor. ter (quase) tudo o que precisamos sem sair de casa só é possível graças aos comerciantes que fazem entregas em casa.

há muito que faço compras online – de quase tudo, mas nunca me foi tão necessário como agora!

assim que ficamos em casa comecei a organizar a despensa, o frigorífico e o congelador para criar uma estratégia de consumo inteligente. avançamos para a lista de compras e ‘bora lá fazer a encomenda online.

avancei para o intermarché loja online, onde tinha feito compras recentemente, e fiquei a saber que tinham interrompido as entregas ao domicílio durante esta fase. tentei, então, encomendar no continente online - tinha uns vales e um valor em cartão-, desisti ao constatar que a primeira data disponível para entrega era passado um mês e meio (final de abril). o el corte inglês não dispunha datas de entrega (nenhuma!). a única grande superfície que tinha entrega disponível para a minha zona de residência, para a semana seguinte, era o auchan – fazer a encomenda foi doloroso devido ao grande trafego no site; tenho feito compras quinzenais neste site e tem corrido tudo bem – embora hajam produtos esgotados no momento da encomenda e no da entrega – por isso é sempre uma surpresa quando as coisas chegam…ou não a casa. o meu obrigada ao auchan por ter consigo dar resposta aos seus clientes, mesmo aqueles que não estão nos grandes centros urbanos. apenas um conselho aos senhores: tentem melhorar a informação no site sobre a informação nutricional e composição de cada produto.

a nível alimentar uma horta e um talho local – com entregas semanais - satisfazem a nossa necessidade desses produtos frescos (adoro, e valorizo, quando as lojas se reinventam).

uma loja online - que descobri neste período de quarentena -, que me fascinou foi a sabores a granel – uma mercearia moderna com produtos de qualidade e na quantidade que desejarmos; adorei a originalidade de alguns produtos (beterraba em pó, banana em pó, tomate em pó, …) e as suas sugestões de utilização, bem como as receitas no blog da loja.

 

compras na quarentena

 

outro bem essencial para quem tem príncipes e princesas em casa, são os produtos de higiene e puericultura (fraldas, toalhetes, cremes, soro, biberons, …). continuei a fazer compras no mifarma - meu site habitual para estes produtos-, a minha pequena tem pele atópica e os produtos não são baratos, mas neste site encontram-se excelentes oportunidades.

se precisarem, estes sites estão disponíveis para vos ajudar nesta fase – não, não há aqui nenhum tipo de publicidade paga, há apenas o reconhecimento de bons serviços, produtos e preços 

boa viagem bebé!

há muito que nas vos falo das nossas leituras 

o livro, por cá, continua a ser o brinquedo favorito. uns encantam-na mais do que outros, mas está sempre disponível para os explorar e interagir com eles.

no outro dia deliciei-me quando a "apanhei" a "ler" a história de um dos seus livros preferidos. é maravilhoso o efeito que os livros têm no desenvolvimento da criança.

boa viagem bebé é um livro que a fascinou desde o início (tinha ela 16 meses) - foi aconselhado pela debora, e é esta uma das magias dos blogs e das redes sociais: partilhar o que de bom vamos encontrando.

ainda hoje - com 24 meses - o "lê" com fascínio. gradualmente foi reparando em vários pormenores (graças à riqueza das ilustrações - que se apresentam de uma simplicidade complexa e estruturada) e interagindo com a história (a forma como o texto está escrito apela a esse envolvimento).

na contracapa encontramos um "apanhado" de vários objetos que são apresentados na história, possibilitando a diversificação e exploração do vocabulário da criança.

 

boa viagem bebé!

 

 

apreciação mami:  as ilustrações são geniais. o livro está cheio de pormenores que vai captando a atenção da criança. o texto é simples mas intencional, descreve as rotinas do bebé na hora de ir para a cama. a forma como está escrito leva a criança a interagir com o texto. o livro é de capa dura e as páginas são resistentes.

apreciação pg:  ela adora-o! interage com a história e identifica os vários elementos que se destacam, sobretudo aqueles que são apresentados na contracapa - excelente para o desenvolvimento do vocabulário.

 

 

 

autora: beatrice alemagna 

editora: orfeu negro

dimensões: 15,9 cm x 20,6 cm

preço: 10€ (preço médio)

a descontrolada e inexplicável paixão feminina por calçado

sou mulher. sou vaidosa e .g.o.s.t.o.!

sempre achei que a imagem é um aspeto fundamentar para o estabelecimento de qualquer tipo de interação com outro ser humano. não sou escrava da moda, mas sou consciente da importância de ter uma imagem cuidada e atual.

gostamos de beleza. gostamos de equilíbrio. gostamos de pequenos pormenores que se destacam - por vezes é aquele .n.ã.o.  .s.e.i.  .b.e.m. que que nos cativa.

o conceito de beleza é muito diversificado - é um facto. mas o de harmonia é mais ou menos linear. e na minha perspetiva o que procuramos é a harmonia visual entre componentes.

uma mulher, ou homem, não tem de ser bonito para ser cativante - faço um aparte para referir que neste post não pretendo abordar ou refletir sobre a beleza física e a beleza interior, não é esse o meu objetivo neste momento - tem de tem uma imagem global cativante. 

a imagem que cada um de nós passa (intencionalmente) ao mundo é uma construção feita ao longo da vida.

.facto 1- os melhores estilos são: os próprios. quando a pessoa assume a sua diferença e usa-a com segurança. e esta diferença não tem de ser o cabelo roxo, minissaias exuberantes ou botas de 30cm. por vezes são pequenos pormenores. 

.facto 2 - os piores estilos são: as imitações. é necessário que se compreenda que uma coisa que fica lindo a uma pessoa não terá necessariamente que nos ficar bem a nós. e mais, se não nos sentirmos confortáveis com esse estilo, por mais pinta que tenha, vamos parecer simplesmente ridículas!

.dica 1 - procura inspirações nos looks que gostas, recria-os no teu estilo pessoal, aporta aquilo que gostas (por exemplo: tipo de calçado, cores, lenço ..), retira aquilo com o qual não te identificas (por exemplo: chapéus, tacões, roupa demasiado justa ou larga...). naturalmente terás um toque do estilo que admiras abrilhantado pela tua personalidade.

desde sempre tive um estilo muito meu (não digo que seja o melhor, mas é genuíno). nunca tive dificuldade em arriscar combinações, novas peças e sempre .a.d.o.r.e.i. acessórios. ouvi recorrentemente: vais usar isso? ou, isso é horrível? ou pindérico? mas sabem o mais engraçado? passado uns meses quem me criticava passava a usar peças semelhantes! depois, as pessoas mais próximas passaram a respeitar e valorizar esta minha diferença e com algum orgulho posso dizer que a admirarem o meu estilo. é lindo quando a minha sobrinha de 11 anos me liga e me diz: tia sabes que és a pessoa que eu conheço que percebe mais de moda, preciso da tua ajuda :)

não pretendo de todo ter um blog de moda ou de consultadoria de imagem, pois não tenho o saber nem a competência para o fazer. no entanto considero ter uma visão holística e "terra a terra" do tema, pelo que decidi partilha o que fui aprendendo com quem quiser me "ler", numa rubrica semanal, intitulada mami's closet, descontraída e em constante construção com as questões e aportes de tod@s.

mami´s closet - a descontrolada e inexplicável paixão feminina por .s.a.p.a.t.o.s.

o calçado é uma paixão generalizada da qual confesso ser vítima. tenho uma quantidade .i.m.e.n.s.a. de sapatos de todos os géneros e feitios e... nunca são de mais. 

a magia dos sapatos consiste na sua capacidade de alterar radicalmente um look. por exemplo, uns jeans e uma t-shirt branca com umas sapatilhas, look super desportivo; com umas sandálias rasas, look descontraído e até profissional, dependendo da sandália; com um salto alto (então se for agulha) um look casual-sexy :) a.d.o.r.o. esta versatilidade que depende apenas de uma componente! (embora aqui os acessórios e bijutaria jogam também um papel importante).

ultimamente tenho optado por peças de calçado que sejam mais versáteis, ou seja, que embora, por exemplo sejam de salto raso, possam aportar um ar mais formal, quando necessário - com as minhas questões de retenção de líquidos no verão não posso abusar do salto alto e... o salto raso está efetivamente na moda!

sandália XTI

estou aqui!

a partir de hoje é possível pedir a pulseira do programa “estou aqui” da psp. a pulseira é destinada a crianças entre os 2 e os 10 anos, embora a idade possa ser inferior a dois anos caso se prove que a criança consegue andar de forma autónoma.

a pulseira, em tecido, têm um código alfanumérico único que correspondente aos dados da criança que a usa e de duas pessoas por ela responsáveis.

a pulseira tem a duração de 12 meses, ficando “ativa” até 31 de maio de 2020; pode ser pedido de forma nominal ou de grupo (opção adequada a instituições que lidem com grupos de crianças - escolas, infantários, catl, campos de férias, ...).

“o programa estou aqui!® foi desenhado para que nunca perca um momento da presença dos seus filhos.”

esta é uma iniciativas que aproxima os cidadãos e as cidadãs das forças de segurança, valorizando a prevenção e conferindo à família a sensação de segurança.

podes pedir a pulseira aqui.

 

estou aqui

 

na minha pesquisa sobre a pulseira fiquei muito feliz quando descobri que existe também a pulseira estou aqui adultos - “a psp identifica a necessidade de garantir a segurança de adultos que, pelas mais variadas razões, possam sofrer alguma desorientação na via pública.” Sabe mais sobre esta iniciativa aqui.

 

sinto-me orgulhosa destas iniciativas, ambas gratuitas!

como acabar com os soluços

soluços

 os soluços são uma chatice.

vêm quando não devem e só vão quando querem!

nós, feitos tolinhos, lá vamos experimentando tudo:

.dar 10 goles de água seguidos sem respirar

.apanhar um susto

.suster a respiração até não poder mais

.por um pouco de papel higiénico molhado na testa

 

na verdade comigo nada costuma funcionar, por norma, desisto por frustração e, não sei bem como, acabam por desaparecer (mas não sem antes me irritarem... muito!)

 

agora descobri uma técnica eficaz. resolve na hora. exige na mesma uma triste figura. mas garanto que funciona.

a próxima vez que estiveres com soluços: faz o pino!

resolve de imediato!

 

falta uma semana para o carnaval

diy

 

há poucos anos deixei de me interessar pelo carnaval mas, em boa verdade, é que desde pequena que vivi o carnaval intensamente...quiçá já queimei as minhas quotas carnavalescas!

desde os carnavais com intensa influência brasileira de ovar, estarreja e mealhada, passando pelas matrafonas de torres vedra e terminando nos chocalheiros de podence... já vivi intensamente variações da mesma festa.

em criança amava a possibilidade de me fantasiar daquelas personagens que me inspiravam, daquelas que eu ansiava ser. em adolescente sempre fui muito camaleónica no meu dia-a-dia e o carnaval era a oportunidade de "rasgar tudo". 

com o passar doa anos, deixei de achar piada aos desfiles e comecei a concentrar-me no carnaval noturno, nas noites de folia...sempre mascarada (a preocupação a determinada altura era em não cair em clichés ordinários: a empregada de limpeza, a estudante sexy, a professora, a coelhinha, a freira descarada ...).

 

não sei se a pg vai gostar do carnaval. há crianças/pessoas que não gostam. mas se não gostar, até isso acontecer, vou tentando semear nela o gosto pelo fantasiar-se, pelo ser que ela quiser.

sei que este ano, no alto dos seus 14 meses lá quer ela saber do carnaval. em boa verdade lá sabe ela o que é isto do carnaval. mas a mamã dela, não resiste, a introduzi-la neste mundo de brincar ao faz de conta. sobretudo quando vamos ver os primos desfilar – temos de nos vestir a altura do evento 

 

claro que a mamã não é (muito) tonta, pelo que, gastar dinheiro em algo que a miúda não percebe e não precisa, não é opção!

fui ao pinterest procurar inspiração, tendo por base o conforto, o facto de eu conseguir fazer o fato e, de alguma forma, estar relacionado com a personalidade da minha pg.

deixo-vos as minhas opções (todas as imagens foram retiradas do pinterest):

 

leãozinha (sem deixar de pensar no caetano veloso)

 

619f6c6dc0c4b23f2a33807e6bd19f12.jpg

 

 

minnie - a ratinha mais fofa do planeta 

 

c17961d6ffe024b65543080aaabb9542.jpg

 

 

super mulher - confesso que fiquei muito tentada, porque eu tenho uma verdadeira super baby!

 

tutu-para-fantasia-5.jpg

 

tendo em conta as três opções finalistas, sendo que estamos no inverno e quero que a minha fofa esteja confortável, optei pela minnie.

havia duas coisas a fazer: a saia e as orelhas. simples, prático e eficaz!

material necessário: tule vermelho (mínimo 2 metros de comprimento), elástico (de preferência vermelho) a quantidade depende da cintura da criança; feltro branco (bolas), vermelho (laço) e preto (orelhas); fita larga (mínimo 3cm)- comprimento a gosto. uma bandolete (pode ser uma qualquer que haja por casa), cola quente (bandolete), linhas, tesoura e máquina de costura.

 

 

 

 

vendo a galaria de imagens (usar a setinha) penso que dá para perceber o como fiz a saia (tive de usar elástico preto e linha preta...o vermelho ausentou-se de casa), mas não foi problemático visto que o cinto tapava tudo 

é também visível que pela incerteza do tempo, preparei a bandolete e um gorro, tudo para proteger a minha pg 

depois de sai e adereços basta uns collants e camisola pretos e uma pintinha preta no nariz.

a última foto, com o resultado final, está algo tremida pois apanhar uma minnie em ação não é nada fácil! 

 

caso gostem desta alternativas low cost e não têm máquina de costura, há uma forma simples de fazer a saia (no final do processo apresentado na fotografia é só amarrar as pontas do tamanho da cintura da criança):

 

DIY-Tutu-Tutorial-and-Easy-Family-Meal-Steps-1-31.

imagem retirada daqui

os melhores saldos para crianças

não vou mentir se disser que compro a maior parte da nossa roupa nos saldos. acredito que com uma lista dos básicos necessários e uma margem para “perder a cabeça” se adquire um excelente “guarda-fatos” a bom preço.

não digo que gaste menos, seria mentira. gasto o mesmo mas em peças de maior qualidade. determino um orçamento e lá vou eu.

com a pequena, a paciência para andar em lojas físicas é quase igual a zero. prefiro o conforto do lar, enquanto ela está entretida a brincar ou a dormir as sonecas, para “ir às compras” no meu computador.

o site da chicco é logo o primeiro a ser visitado. com desconto de 60% em vestuário compram-se básicos de qualidade a preços muito bons (para obter esta promoção tem de ter o babycard - que não tem custos).

depois segue a ronda pelo site da zara, zara home (pijamas e pantufas), mango e mango outlet, todos com peças com design moderno a preços simpáticos.

para quem tem meninas o site da moda minis é (quase) obrigatório (mas devemos esperar pelos segundos saldos para preços efetivamente bons), o mesmo se aplica ao site da lanidor.

este ano experimentei pela primeira vez o site da kiabi (nunca tinha comprado nada da marca, nem em lojas físicas). a qualidade é bastante próxima da primark, nem muito bom, nem muito mau – mas com t-shirts a 1€ não se pode ser muito exigente.

para sapatos, embora a biomecanics seja a minha marca de eleição (o design e qualidade do calçado é excecional) os descontos nunca ultrapassam os 20% (ficando cada par em média a 45€), a opção mais em conta, tendo em atenção preço/qualidade é a geox, no site os descontos atingem os 50%.

visita obrigatória num dia de shopping é a pré-natal (não tem venda online), a h&m (encontro sempre melhores oportunidades nas lojas físicas do que no site).

ficam as sugestões, boas compras 

os melhores saldos para crianças

imagem retidara daqui

ilha terceira

um ponto de verde serenidade no meio do atlântico

para quem deseja conhecer a ilha 2 dias serão suficientes. é uma ilha pequena na qual tudo é perto de tudo.

para quem quiser viver a ilha que se diz sempre em festa e apreciar o ritmo sereno que oferece, não há tempo a definir.

partilho convosco a minha viagem e os meus "a não perder na ilha terceira" em jeito de reportagem fotográfica.

 

angra do heroísmo

(sabia que já foi por duas vezes capital de portugal?!)

46439190_2257625254508046_6542385723352285184_n.jp

 

porto de angra do heroísmo

46342191_264281974289793_2253860405849882624_n.jpg

46460666_773813582963602_2451992173541851136_n.jpg

 

monte brasil

46381373_2227461397533970_8916604818076729344_n.jp

46441667_958106797720325_503328080706666496_n.jpg

 

vista desde o monte brasil

46388927_1865747480204511_474330630482558976_n.jpg

46422838_345273646018826_2702401638915637248_n.jpg

 

praia da vitória

(sabia que: possui o areal mais extenso do arquipélago dos açores?)

46426395_1478044992326823_2856252714692640768_n.jp

 

porto de praia da vitória

46492090_281748569122389_9214769492238794752_n.jpg

 

império da caridade

(digam lá se não parece uma casinha em plasticina )

46362254_1954821277936107_4552598104636915712_n.jp

 

igreja matriz

46417913_1994315260656352_8537013697195802624_n.jp

 

biscoitos

(uma "praia" de beleza única)

46368758_263901180936444_8955617934466613248_n.jpg

46399578_332143700698689_122679410028445696_n.jpg

 

são mateus da calheta

(um local de belas vistas e excelente para belos manjares; a destacar: "beira-mar" e "quinta do martelo" - peixes diversificados, polvo delicioso e a alcatra da ilha terceira)

46436839_883408288715499_6224558517110439936_n.jpg

46459399_498908737282073_3145806954383802368_n.jpg

 

vistas e paparocas

cornucópias 

(não esquecer também as d.amélia - dizem que as melhores são no "o forno" em angra do heroísmo)

46384929_414798325722312_4950129720525062144_n.jpg

 

cracas - ai como amei esta iguaria 

(tem um aspeto estranho, é verdade, mas é tão bom. o mar na nossa boca com um toque suave e delicado)

para acompanhar nada melhor do que uma garrafa de faria's vineyard um delicioso vinho branco da ilha do pico

46421782_264959674190048_3779330199800250368_n.jpg

 

queijo vaquinha - quatro variedades

46446058_188887731993048_4422928330391552000_n.jpg

 

em jeito de passeio pela ilha

46443411_2193958910928225_8488299125857583104_n.jp

 

vista da serra do cume

46479374_309080223246664_2644421388600868864_n.jpg

 

algar do carvão - a experiência única (a não perder) de entrar num vulcão

(sabia que só há no mundo dois vulcões com estas caractérísticas e visitáveis "por dentro"?!

um é nosso e o outro dos islandeses)

46405184_562703354174276_3216052600503795712_n.jpg

 

há por aí mais dicas ou sugestões sobre a ilha terceira?

estrias e gravidez

contei neste post a minha rotina para prevenir as estrias durante a gravidez.

 

fiz várias experiências e houveram cremes que satisfizeram as minhas necessidades e outros que não.

 

os cremes para prevenir as estrias são caros – como quase tudo associado à gravidez - e usam-se muito (ou pelo menos deve usar-se numa rotina diária de manhã e à noite). fiz uma gestão das minhas escolhas de acordo com a necessidade da pele. por exemplo, no primeiro trimestre a pele necessita de ser hidratada mas qualquer bom creme satisfaz as suas necessidades; a partir desta altura as exigências vão sendo outras.

 

quando escrevi o post "combate às estrias durante a gravidez" tinha 31 semanas de gestação e já me sentia a explodir. estava super convencida que a pequena iria nascer às 38 semanas (como se eu tivesse algum poder de decisão!). 

 

a minha barriga continuo a ultrapassar os limites do seu tamanho, e as semanas continuaram a somar para além das 38. no referido post o triptofano! aconselhou-me o velastisa da isdin. não tinha sido opção pois o achava caro de mais (27€ em média). decidi comprar - se tinha conseguido manter a minha pele sã até lá... não se justificava a forretice!

 

estrias e gravidez

 

 

 

o creme era efetivamente muito bom. não era nada gordo; era super bem absorbido pela pele e cumpriu o seu papel. a textura do creme, que espalha facilmente, faz com que a embalagem dure muito, não ficando assim tão caro por utilização.

 

a pequena nasceu às 41 semanas e nem uma estria deixou na minha barriga. outro aspeto que notei foi que a pele não ficou tão flácida como eu imaginara.

Mais sobre mim

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

leitura para crianças

facebook

pinterest

diz não à violência doméstica

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

rasurando

logo.jpg