Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

livros pequeninos para os mais pequeninos

livros

quando, ainda grávida, comecei a comprar livros para a pequena estava mais centrada na beleza das histórias e das ilustrações do que na usabilidade para a bebé – sorte a minha que os livros não têm prazo de validade! a partir dos três anos a minha princesa já tem belas histórias para explorar.

 

livros para bebés

 

com o tempo percebi que aqueles livros que eu achava muito pequenos e/ou básicos, eram os que a minha pg precisava para a sua introdução a este maravilhoso objeto que a ajudará a descobrir o mundo que a rodeia e muitos outros na construção de um imaginário inesgotável. dos primeiros livros que lhe comprei foram dois títulos – “as palavras” e “os animais” - da coleção primeiros livros do bebé da porto editora.

o tamanho e o peso permitiam que ela facilmente os manuseasse autonomamente. o robustez das suas páginas permitiu que ela os explore desajeitadamente – só após muita baba e mordidelas começaram a dar de si. o fundo simples permitia uma melhor compreensão de cada imagem (sem ruido). as palavras simples e do seu quotidiano facilitaram a aquisição de vocabulário, mesmo antes de conseguir expressar verbalmente as palavras. fita de velcro (fácil de retirar e lavar) também foi um bom auxiliar para evitar que o livro ficasse esquecido pelos sítios por onde andávamos.

 

 

agora com 13 meses está mais exigente. a sua vontade de manusear e explorar está mais vincada assim como o desejo de ser surpreendida.

tenho uma lista de livros a adquirir que assustaria o pai natal. encontrei um site que faz boas promoções e que está com 30% de desconto em alguns títulos maravilhosos para a exploração das/dos bebés.

 

animais bebés – o meu primeiro desliza e descobre (yoko books)

animais da selva - o meu primeiro desliza e descobre (yoko books)

embora os dois títulos anteriores sejam da mesma coleção, têm modos de interação distintos.

 

gabriela a gata - clap clap “uma coleção de livros que funciona como se fossem castanholas” - (yoko books)

 

animais de estimação – toca e brilha (jacarandá editora)

 

tenho optado, quando possível, por adquirir livros bilingues (na perspetiva de serem úteis agora na aquisição de vocabulário em português e futuramente na aquisição de vocabulário em inglês).

100 primeiras palavras – bilingue português/inglês – (civilização)

 

encontrei este que não encontro referências em pesquisas online, mas por 2€ vou arriscar!

alto, largo, grande e … - animais gigantes desdobráveis (panini)

 

o site da jb (não se apoquentem os mais distraídos que não falamos de whiskey) tem um motor de pesquisa muito intuitivo. se quiserem outros títulos é só escrever na "lupa" e ver se estão disponíveis e se têm desconto  ( e não é só para os mais pequenos).

quem não lê, mal ouve, mal fala, mal vê

livros

ontem foi assinalado o dia da leitura em voz alta, espero que tenham aceite o desafio. e, como em todas as coisas que nos acrescentam, não deixem esta prática só para um dia por ano, incorporem-na na vossa rotina literária (nem que seja na leitura de um jornal ou deste modesto blog ;) ).

nesta fase da minha vida o meu interesse pela leitura infantil está no seu auge. encontrei um curso gratuito online de leitura para bebés, que embora dirigido a educador@s é muito interessante e inspirador para pais. são 9 vídeos enriquecidos por material complementar.

existem algumas sugestões que nos ajudam a fazer melhores leituras para @s noss@s pequen@s. uma delas é a interação entre o adulto e a crianças, a academia de pediatria americana sugere que "enquanto se lê para a criança parar, para que olhe as imagens, perguntar o que vê nas imagens e falar da relação da imagem com a história; usar vozes divertidas e sons de animais, sem medo de exagerar, ajuda a criança a ficar entusiasmada com a história." 

o tom de voz que damos as palavras é muito importantes para que a criança comece a compreender e a distinguir emoções. o espaço/contexto de leitura é também muito importante pois "quando realizada em um ambiente tranquilo, a leitura induz o desenvolvimento de partes importante do cérebro do bebê e o acalma ao reconhecer o timbre e a cadência da voz.

 

a pg adora livros. para ela é um brinquedo que gosta de manusear e explorar. desde que se senta sozinha (6 meses) que gosta de os manusear (olhando para eles facilmente se percebe o uso que ela lhes dá).
nesta fase os livros devem conter imagens de fácil compreensão e pouco texto. o facto de permitirem interação são um plus para a pequena.
comprei dois livros com abas da panini books (penso que no continente), foram uma aposta ganha! são grossos (resistentes) e fáceis de manusear (a pg consegue abrir com facilidade as abas e explorar a imagem – há livros onde até eu me vejo aflita para abrir as abas!). ela adora!


deixo aqui a partilha de um dos livros – ela fez questão de ajudar: "vamos aprender as cores"

 

 

também temos o "vamos aprender os animais"

vamos aprender os animais

 


“quem não lê, mal ouve, mal fala, mal vê."
 - monteiro lobato

 

leitura em voz alta

a leitura é uma paixão que, como muitas outras, se constrói.

são muitas as vantagens da leitura regular. e é desde cedo que a sua importância se manifesta no desenvolvimento do ser humano.

a visão apresentou um artigo sobre um estudo norte-americano que prova os benefícios de ler aos bebés de seis meses, e destaca que “não é só a leitura em si que importa, mas também a conversa com os bebés, neste caso a propósito dos livros.” o ler a história, acompanhar as imagens, interpelar a criança tem efeitos duradouros na capacidade de leitura e literacia das crianças. faz ainda referência a um outro estudo onde as crianças envolvidas, em idade pré-escolar, às quais “eram habitualmente lidas histórias mostravam maior atividade [ressonância magnética] nas partes do cérebro que ajudam à compreensão das narrativas e visualização das imagens.”

 

ler para a minha pequena é um momento de brincadeira. não o consigo fazer antes de a deitar, pois ela gosta de mexer de interagir e fica alerta e não relaxada. é um momento de intimidade e partilha. há coisas desenvolvidos nesses momentos que são só nossas, uma linguagem de gestos e sons, que só nós entendemos. o livro, que nesta idade é ainda (aparentemente) bastante simples, baseado em imagens e palavras, é um meio para eu perceber o que vai naquela cabecinha, os conceitos que entende e as relações que já faz. ao longo da exploração do livro ela interpela-me, questionando ou contando-me a história (através de uma linguagem bastante simples que relaciona sons, palavras, expressões faciais e gestos).

 

no dia 1 de fevereiro assinala-se o dia mundial da leitura em voz alta. nós, mães e pais, lê-mos regularmente em voz alta, somos quase especialistas. estudos vários mostram que a leitura em voz alta não é um aspeto positivo apenas para os filhotes que nos ouvem, é para todos aqueles, pais ou não, que a praticam.

 

o plano nacional de leitura lançou os desafios de leitura em voz alta, para assinalar este dia e, quem sabe, criar novas práticas de leitura (poderá encontrar aqui outras propostas).

 

desafio de leitura em voz alta

imagem retirada daqui

 

aventuram-se?!

princesas guerreiras

livros

o mundo não é feito só de princesas, exige também guerreiras.

miúdas que acreditem em si, nos seus sonhos, e que lutem por fazer a diferença no (seu) mundo.

as miúdas mais especiais são as princesas guerreiras;

aquelas que sem perder a sua ternura e encanto, agarram com bravura os seus sonhos.

descobri este livro repleto de princesas guerreiras. um livro lindo, com uma bela construção das histórias e imagens extraordinárias.

 

 

 alguns exemplos nesta galeria

 

histórias de adormecer para raparigas rebeldes - elena favilli & francesca cavallo - edição nuvem de tinta (2017)

Mais sobre mim

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

leitura para crianças

facebook

pinterest

diz não à violência doméstica

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

rasurando

logo.jpg