Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

há cada uma #5

bom dia!

hoje é dia de guest post há cada uma.

antes de apresentar a minha ilustre convidada e o seu belo relato, sinto a necessidade de fazer um aparte, completamente enquadrado na expressão “há cada uma”.

o que raio aconteceu ontem na academia de alcochete?!

quando ouvi a notícia parecia que estava num qualquer país da américa do sul (acreditem que sei o que digo, cresci num!).

está um grupo de pessoas no seu local de trabalho e é agredido gratuitamente por um grupo de cobardes encarapuçados?! (que a comunicação social refere como adeptos. adeptos?! a sério?!)

uma tristeza e acima de tudo uma vergonha nacional. mais uma vez provamos que conseguimos ser bestiais (organização do festival da canção) e umas grandes bestas (agressões em alcochete)!

 

 

falemos agora de coisas bem melhores! temos hoje a visita da musical e animada sofia do blog música para alma vibrar.

esta rapariga, cheia de energa e ótima forma física, partilha uma história que certamente irá despertar em vós o sorriso que despertou em mim!

 

" O que dizer quando um maluco, diz que é psicopata?!"

 Eu trabalho na área da saúde, estando exposta a muita pressão, stress e a todo o tipo de pessoas e aves raras, não há outra maneira de o dizer!

 Num desses dias em que não tinha mãos a medir, tinha uma fila de pessoas à minha frente para atender, à minha volta, enfim estava cheia  de trabalho até ao pescoço! veio um maluco, sim eu topo-os à distância, tenho um radar e mal abrem a boca, muitas vezes até nem precisam, basta observá-los um pouco, que verifico que tinha razão!

Adiante, o maluco vem chatear-me com mil e uma perguntas, a testar a minha paciência, já nem me lembro o que era, e vira-se de repente para mim e diz "Eu sou psicopata!"

Conseguem adivinhar o que respondi?

De imediato respondi, eu já percebi, mas diga lá o que quer que eu estou cheia de trabalho!

Os meus colegas ficaram apáticos a olhar para mim, a pensar "ela é doida". 

Aprendam uma coisa comigo, se virem um maluco se puderem fujam a sete pés, se não puderem têm de ser mais malucos do que ele! 

 

 

sofia tive o atrevimento de escolher uma música para acompanhar esta história 

 

 

para recordar:

há cada uma #4

solicita-se opinião. obrigada.

ando entusiasmada a delinear o meu novo projeto na blogosfera. de página de facebook, restrita aos seus utilizadores, passou a blog, aberto a todos.

após ter escolhido o nome, o que me levou um tempo infinito pelo que é melhor assumi-lo antes que mude de ideias pela trigésima vez, preciso escolher a imagem.

gostava de ter a vossa opinião sobre a imagem central do novo blog destinado à parentalidade.

qual gostam mais? 

 

1.png

- imagem 1 -

 

 

2.png

- imagem 2 -

 

 

3.png

- imagem 3 -

 

 

4.png

- imagem 4 -

 

 

5.png

- imagem 5 -

 

 

 

 para agradecer a vossa participação estão todos convidados para a antestreia do novo blog em data a anunciar brevemente

 

- feliz dia da família -

 

 

mami faz dois anos e recebe prémios

parece que ontem o blog completou dois anos.

parece, e bem, que só me apercebi hoje.

uma "mãe" desnaturada deste meu espaço de conforto e partilha.

no entanto, eu que acredito que não há coincidências, no dia em que o blog completou dois anos lancei um novo projeto. só pode ser um bom agoiro

em mês de aniversário recebi várias nomeações para o sunshine blogger award, e como ser nomeada é já uma vitória, considero-me presenteada   obrigada a minorka (com quem estou em falta), à diana, à bruxa mimi, à loulou, à marta e à margarida por se terem lembrado de mim.

juntado o útil ao agradável não há nada melhor para festejar um aniversário do que vos inundar com muito de mim! juntei todas as questões que me foram colocadas, dividi-as por "categorias" e dei o melhor de mim 

não vou nomear ninguém não porque não veja valor nos blogues que sigo e que vou descobrindo, mas porque tenho visto que muitos dos meus blogues preferidos já responderam ao desafio (inclusive os que me nomearam) razão pela qual não faz sentido voltar a nomear.

lanço um desafio a quem quiser alinhar. pensem num número entre 1 e 52, vejam a qual pergunta corresponde e respondam nos comentários   eu posso pedir-vos isto! sabem porque? porque é o "meu" aniversário  (vem-me sempre à memória a bela música “it ́s my party and i cry if i want to”

 

 

aniversário mami

imagem retirada daqui

 

categoria blog

1 - o que serviu de inspiração para o nome do teu blog? / porque lhe deste esse nome?

queria um nome curto, que soasse bem. a minha língua nativa é o espanhol na qual “mami” tanto designa mãe como miúda gira e gostosa 

 

2 - o que te motivou a criar o(s) blog(s)? / porque criaste um blog?

partilhar os meus devaneios, conhecer outras opiniões sobre os assuntos que me apoquentam.

primeiro foi o da indecisão sobre ser mãe.

 

3 - quais os teus objetivos em relação a ele? / onde queres chegar com o teu blog?

 uma vida longa e feliz.

 

4 - como te sentes a ser blogger? qual a melhor parte? / como te sentes no papel de blogger?

não sei se alguma vez me senti blogger. ter um blog faz de nós bloggers? nunca pensei muito sobre o assunto.

 

5 - qual foi a melhor coisa que te aconteceu relacionada com o blog?

“conhecer” pessoas interessantes

 

categoria pessoal

6 - preferes chegar com poucos minutos de atraso ou meia hora mais cedo?

no meu caso não se trata de preferir é algo que não consigo controlar…chego sempre atrasada.

 

7 - e o teu maior arrependimento?

não quero parecer arrogante mas não me arrependo de nada; fui resolvendo as minhas “cenas”. vivo a minha vida de modo a não me arrepender de nada futuramente, sobretudo de não “ter feito algo” por medo ou inércia…espero conseguir.

 

8 - o que querias ser quando eras criança e o que mudou entretanto?

 designer de moda. o que mudou? a dura realidade de ter de ter rendimentos fixos 

 

9 - qual é o melhor elogio que alguém te pode dar?

bom trabalho

 

10 - diz três coisas pelas quais te sentes grato/a.

a minha filha, o meu mais que tudo, a minha família

 

11 - enumera a tua maior qualidade e o teu maior defeito?

improviso & impulsividade

 

12 - qual o teu ritual de final de dia?

estatelar-me no sofá e esvaziar a mente

 

13 - que tipo de música te define? / qual é música da tua vida? porque?

nenhuma. sou demasiado complexa para um tipo de música 

 

14 - preferes uma saída com amigos ou um serão com tudo a que se tem direito... mantas, pipocas, batatas fritas...?

depende do meu estado de alma.

 

15 - andas na rua e há alguma coisa que te faz sorrir. o que é?

qualquer sorriso desperta o meu. devíamos sorrir mais para os outros!

 

16 - tens tempo para ler? gostas de ler? e o que estás a ler neste momento?

desde que ando na blogosfera o meu tempo de leitura (que é cada vez mais escasso) dedico-o a ler blogs.

 

17 - um filme que te arrependes de ter visto?

nenhum (posso ver qualquer filme a qualquer altura…viva a santa internet ;) )

 

18 - o que é para ti a felicidade? és feliz?

não precisar de mais nada para me sentir feliz. sou.

 

19 - dizem que a vida é uma lição… concordas? porquê?

a vida é uma aprendizagem.

 

20 - se pudesses voltar atrás na vida, voltavas?

voltava e vinha já, ia só para matar saudades.

 

21 - se tivesses que escolher um personagem disney , qual serias? porque?

pocahontas. gosto do ar descontraído 

 

22 - ser mãe (pai) a tempo inteiro é/seria uma boa opção para ti (pondo de parte a questão financeira)?

tenho refletido sobre isso e não sei.

por um lado adoraria estar sempre com a princesa, por outro tenho receio de isso me “reduzir” enquanto pessoa. creio que para me sentir completa necessito de equilibrar vários aspetos da vida, ter vários inputs e desafios.

em simultâneo acho que a minha filha beneficia mais, na construção da sua personalidade, em estar em contacto com diversas pessoas e diversas realidades.

 

categoria "curtas"

23- chá ou café?

sem pensar duas vezes: café!

 

24 - qual foi o último livro que leste?

foi há tanto tempo que nem sei.

 

 25 - gatos ou cães?

gatos. mas estranhamente só tenho um cão.

 

26 - qual a tua cor de eleição?

verde

 

27 - o que não pode faltar em tua casa?

água

 

28 - qual dos 7 pecados mortais é o teu?

gula

 

29 - és mais do tipo reservado ou extrovertido?

extrovertida - mas sei não invadir o espaço dos outros.

 

30 - qual o teu hobbie preferido? / qual é o teu passatempo favorito?

diy

 

31 - preferes praia, campo ou cidade?

sou promiscua neste aspeto. venha tudo!

 

32 - consideraste uma boa cozinheira? qual a tua especialidade? 

cozinho porque tenho de comer  muffins 

 

33 - qual é a tua mania mais estranha?

fazer chichi no duche 

 

34 - o que te dá felicidade instantânea?

pessoas felizes (destacando as minhas). é contagiante.

 

35 - o que mais gostas na sociedade?

da diversidade.

 

36 - férias na praia ou no interior?

férias.

 

37 - inverno ou verão? primavera ou outono?

primavera (a de antigamente)

 

38 - preferes ir à praia ou à piscina?

praia

 

39 - doces ou salgados?

salgados


40 - qual é a tua cor de olhos preferida?

castanho profundo


41 - que prato preferes: de carne, de peixe ou vegetariano?

pode ser um pouco de cada?


42 - o que preferes: areia, relva ou neve?

areia


43 - preferes ir ao cinema ou ao teatro?

ir.

 

44 - preferes ficar sem telemóvel ou sem computador?

computador

 

45 - recebeste uma proposta de trabalho irrecusável na austrália e tens apenas 24h para responder. o que farias?

ia.

 

46 - qual é o teu restaurante preferido e onde fica?

descoberto recentemente e até encontrar melhor: barba azul – praia da barra.

 

47 - qual é o melhor presente que te podem/poderiam oferecer?

uma viagem


48 - o que preferes: chocolate(s) ou gelado(s)?

gelados!


49 - o que é pior para ti: tirar sangue para análises ou ir ao dentista?

dentista

 

50 - qual é o teu maior objetivo de vida?

ser feliz

 

51 - o que te deixa mesmo feliz?

a vida

 

52 - qual é a primeira palavra que te vem à cabeça e que rima com "mimi"? (pode não ser a primeira, vá )

chichi 

 

categoria futurologia e magia

 53 - se aparecesse um génio da lâmpada na tua vida quais os 3 desejos que lhe pedirias?

saúde (para mim e para os meus), um emprego que me realizasse e o fim das desigualdades

 

54 - oferecem-te a hipótese de fazeres uma viagem no tempo. viajas para trás ou para a frente?

para trás… tenho tempo de chegar “à frente”

 

55 - imagina que ganhaste um prémio, o que mais querias. o que é?

uma viagem a 3 à volta do mundo.

 

56 - como te vês daqui a 5 anos?

feliz, a viajar pelo mundo com as minhas crias e o meu amor 

 

57 - qual é o teu maior sonho?

conquistar o mundo

 

58 - onde gostavas de estar neste momento?

num país tropical

 

59 - se pudesses mudar de profissão, o que escolherias?

não mudaria de profissão mas sim de emprego

projeto sobre parentalidade

da minha experiência recente nisto da maternidade e pelo comentário da mamã gansa no meu post do dia da mãe, concluo que há imensa boa informação sobre a parentalidade que não tem a exposição que quiçá deveria ter.

não quero com isto dizer, que lhes posso dar a visibilidade que quiçá tod@s queríamos. mas posso tentar.

eis a minha ideia (nada original eu sei, mas prática). as redes sociais continuam a ser um excelente meio de difusão, pelo que vou criar uma página de facebook na qual serão partilhados apenas post sobre parentalidade (uma breve introdução do post e o link para o respetivo blog).

muitos de nós, mães, pais, filhos ou educadores no sentido abrangente, escrevemos no nosso blog coisas relacionados com a nossa experiência parental (independentemente da idade das crias), mas como não temos blogs específicos sobre o tema (porque não é nossa intensão) muitas pessoas eventualmente interessadas na informação acabam por não ter acesso a esta.

com esta iniciativa agregaremos naquela página a informação que produzimos especificamente sobre o tema e que eventualmente seja pertinente para outros pais, num espírito de partilha.

a página do facebook não será da mami, será de todos com um nome que possa englobar a parentalidade no seu todo (aceitam-se sugestões).

esta é uma ideia ainda em bruto, mas a ideia seria que fossem enviados, por email, o resumo e o link do post no blog para que depois seja publicado no facebook – os post podem ser recentes ou antigos (desde que a informação se mantenha atual). depois cada um no seu blog divulgaria no final dos seus post sobre parentalidade o link do facebook onde poderá encontrar mais informação pertinente sobre os temas relacionados com a própria parentalidade.

poderemos também partilhar outros post que encontremos na blogosfera e que consideremos de “utilidade pública”.

 

o que acham desta ideia? estariam interessados em contribuir? tem outras ideias ou sugestões?

 

projeto parentalidade

imagem retirada daqui

há cada uma! #4

boa quarta-feira!

maria araújo do blog cantinho da casa é a minha convidada desta semana para a rubrica há cada uma! 

a maria tem o mérito de alimentar o blog há 10 anos e está em mês de aniversario! 

no seu blog partilha connosco o seu dia-a-dia, as suas opiniões sobre a atualidade e o afeto que tem pelos seus. deixa-nos, assim, sentir-nos parte de si.

a história que partilha faz-nos perceber que, por vezes, o inusitado, pode ser o click para uma nova visão.

vamos a isso...

 

"(...) uma história que a aconteceu há muitos anos,teria  eu 22 anos.

 

 

Tinha ido uma semana em passeio para  Londres, a minha primeira viagem de avião e visita a esta bela cidade, e gostando de seguir a moda, comprei uns óculos estilo aviador, um lenço (adoro lenços) que ainda o tenho guardado, e num dia que tive uma consulta no Porto, na baixa da cidade,  vestia eu umas calças azul marinho, uma camisa de algodão também azul marinho, o lenço azul marinho com umas riscas em branco e verde, levava os óculos. Depois da consulta, com ideia de vir para Braga, eis que um homem dos seus 30 anos, moreno, me aborda, faz-me uma pergunta que não entendi. Perguntei o que queria, que não entendi, e responde-me, do que me lembro, pondo a mão no braço, e falando devagar,  diz que é cubano, que sou bonita, que o meu visual é muito moderno, que tem um quarto alugado numa pensão que gostaria que eu fosse com ele para termos uns bons momentos.

Fiquei parva a olhar para ele, e delicada que sempre fui, disse que não ia, que não era mulher de encontros, que não o conhecia de lado nenhum, que tinha de ir embora para o autocarro, que não era do Porto.

Voltava à carga dizia que eu era  muito sensual, que podíamos viver uns bons momentos de sexo, e tal.

Esta insistência dele estava a pôr-me nervosa, muita gente que passava na rua fez-me pensar que todos me olhavam e que estavam a ver ali uma situação de engate.

Sentia-me mal e envergonhada, dou a volta à proposta, digo que tenho uma consulta, que não o conheço, que não quero nada com ele, que tenho de regressar a casa, que não era dali.

Insistia que esperava por mim, que depois da consulta íamos para o quarto, que ele era muito bom no sexo que ia arrepender-me se não fosse com ele.

Recusei, insistia que estava atrasada para a consulta, que não queria, até percebendo que não conseguia nada, e eu nervosa com a situação e aquela confusão na rua só queria ver-me longe dali, diz-me ele:

"Não queres, não sabes o que perdes. O sexo não é das coisas mais importantes  mas é das mais maravilhosas do mundo".

E deixou-me ir. Uns bons metros depois comecei a apressar o passo, ia olhando para trás para ver se me seguia. Mas no meio da confusão da rua, não vi nada.

 

Cerca de dois/três anos depois, apaixonada que estava (contei no One Smile a Day, no blog da Chic'Ana), pude constatar isto mesmo.

Gosto de sexo como todas as mulheres, não o ponho em primeiro lugar numa relação. O  carinho, a cumplicidade, a química, a confiança são prioritários, o sexo completa.

Desde então o lema desse homem passou a ser o meu lema, porque é de facto o que vivi, o que vivo e o que sinto."

 

há cada uma #4

imagem retirada daqui

 

é tão bom ter esta capacidade de analisar os acontecimentos da nossa vida sem preconceitos e estarmos abertos a nela integrar as “descobertas” que vamos fazendo.

obrigada maria!

 

para recordar:

há cada uma #3

 

 

resposta à questão colocada no post expressões curiosas : cemitério

há cada uma #3

hoje, em dia de há cada uma, temos por cá a desconhecida, a miúda mais doce da blogosfera.

o seu afeto pelos seus enche-nos de momentos ternurentos, a honestidade das suas palavras cativam-nos e por vezes surpreende-nos 

vamos lá espreitar o disparate com o que teve de lidar…

 

 

"Antes demais, OBRIGADA, MAMI!

Vamos lá a isto...

 

O ano passado, numa aula de natação, lá ia eu, toda destemida, toda equipada. Pronta para arrasar, com a piscina, claro. E nada melhor do que entrar em alto estilo, para as senhoras que já lá estavam perceberem bem a minha pinta! 

Vai uma senhora à minha frente, a descer as escadas, vou atrás dela, supostamente aquele piso é antiderrapante... Supostamente... Dou um passo e splaaaash... Caio em cheiooo de rabo no chão... A senhora olha para trás, "Caíste?!"... "Não... Eu é que gosto de descer assim as escadas..."

 

há cada uma #3

imagem retirada daqui

 

 

obrigada minha linda pela partilha  

este tipo de perguntas deixam-nos dahhh… adorei a capacidade de resposta da desconhecida, mas será que a senhora percebeu a mensagem?!

 

 

para recordar:

há cada uma #2

há cada uma! #2

bom dia a tod@s!

hoje é quarta-feira, dia de guest post, há cada uma!

todos tivemos situações que nos deixaram desconcertados, coisas que nos disseram que nos deixaram sem reação. o desafio é partilhar essas situações e comprovar o quão louco o mundo está ;)

o meu primeiro convidado é o autor do blog o último fecha a porta, um "vizinho" sempre presente que partilha de uma forma muito própria o que vai acontecendo no (seu) mundo.

 

"Antes de mais agradecer à Mami o convite para fazer parte desta sua nova rubrica.

Vou contar uma história que aconteceu em 2011.

 

Uma amiga convidou várias pessoas, para ir a um lanche ajantarado no Centro Paroquial da freguesia onde vive, que tinha fins solidários. Cada pessoa levava alguma coisa e depois do convívio haveria a recolha de fundos.

Já lá estávamos todos, quando reparamos que umas senhoras de idade olhavam muito para mim e falavam entre si. Isto durante um bom pedaço.

Uma delas perde a vergonha e perguntou a uma amiga minha se era eu o … novo padre da paróquia, Parece que o senhor também tinha óculos, mais ou menos a minha idade e a minha aparência.

Lamentamos desiludi-las, mas no fim ainda disse: “Tão bonito e simpático que é, íamos jurar que era o novo padre”! "

 

há cada uma #2

imagem retirada daqui

 

eu teria aproveitado e confessado as senhoras… aposto que teriam adorado. não sou a favor de se romper abruptamente com os sonhos das pessoas...afinal de contas era um evento de caridade e não me vou alargar mais e entrar no campo das danças.... 

obrigada meu caro por tão bela partilha!

 

que a liberdade esteja convosco, hoje e sempre, amém!

há cada uma! #1

tod@s nós tivemos situações que nos deixaram incapazes de processar a informação, pelo inadequado, desenquadrado, inusitado ou ridículo da situação.

eu tenho uma carrada de situações - talvez porque me “ponho a jeito”, lá sei, respiro!

porque estes momentos desconcertantes acabam sempre por nos deixar incrédulos, numa perspetiva de “terapia de grupo”, proponho a sua partilha.

como cá por casa – entenda-se blog - eu quero, posso e mando, decidi criar a rubrica “há cada uma!” – expressão roubada à minha mãe, para nos distrair um pouquito a meio da semana. esta rubrica será um guest post pelo que não apanharão seca com uma longa lista das minhas desventuras ;)

mas como o anfitrião tem de dar o exemplo, trago-vos uma das histórias da minha vida. para não fugir ao integral relato dos factos, e para não roubar intensidade à mensagem, aviso que o texto que irão ler de seguida contém linguagem que poderá perturbar os mais sensíveis e/ou púdicos.

sempre fui uma rapariga que gosta de festas, de conhecer pessoas, de beber uns copos e de conversa da treta, para descomplicar o dia-a-dia (embora confesso que com os anos a intensidade deste “gosto” tem diminuído).

 

numa noite, no regresso a casa de uma festa da aldeia que agora se chama festival, dois rapazes aproximaram-se do nosso grupo e cumprimentaram uma amiga minha, que de imediato os apresentou. caminharam connosco até casa da minha amiga (cerca de 10 minutos), local onde o grupo começa as despedidas. um destes moços quando se vem despedir diz-me “então mami, vamos foder” – só para frisar: estava numa terra que não era a minha, conhecia o indivíduo há 10m e nem lhe tinha dirigido a palavra.

eu, que tenho a mania que tenho resposta para tudo, fiquei sem palavras e burra a olhar para o indivíduo. o rapaz tinha a virtude da persistência e, como se eu não tivesse ouvido à primeira, repete a pergunta. o grupo está tão perplexo quanto eu - olhem que não sou de me ofender, mas aquilo foi demasiado ordinário. despedi-me do resto do grupo enquanto o moço aguardava a resposta.

a minha amiga, já em casa, tentou acalmar a minha inquietação dizendo para não ligar porque ele estava bêbado. e questiono eu “o que tenho eu a ver com isso?!” há limites de boa educação que não devem/podem ser ultrapassados.

 

há cada uma

imagem retirada daqui

 

tag de primavera

olá, olá 

 

a simpática bailarina.c do blog a dança da vida, desafiou-me a responder a tag da primavera… facto que desde já agradeço, pela lembrança e pela oportunidade de partilhar um pouco mais sobre mim.

 

vamos a isto 

 

1) qual a temperatura ideal para um dia de primavera perfeito?

na medida em que sou uma naba em graus (independentemente da “escala”), digamos que a temperatura ideal é aquela em que consigo estar de t-shirt, sem casaco, a sentir o solinho a acariciar suavemente a minha pele, sem o invejoso vento a fazer-se sentir.

 

2) se te pedisse uma sugestão de passeio para estes dias mais floridos, qual seria?

sei que não há flores na praia, mas assim que o sol desperta, são os passeios no paredão que chamam por mim.

 

3) se tivesses de escolher uma cor para esta primavera qual seria?

amarelo…do sol!

 

4) o que esta estação significa para ti?

 é a minha estação preferida. é, para mim, a mais equilibrada. saímos do frio do inverno e começamos a sentir um quentinho bom que não incomoda. traz também a mudança da hora, os dias compridos… é a estação que traz as mudanças que me fazem feliz!

 

5) qual será, do teu ponto de vista, o grande acontecimento desta primavera (seja pessoal ou público)?

eu que sou uma otimista, só tenho acontecimentos negativos a destacar:

no campo pessoal: regressar ao trabalho, depois de um romance maravilhoso de 5 meses com a minha princesa guerreira

no campo público: a chuva que impedirá o pleno desfrute da estação.

primavera

imagem retirada daqui

 

esta tag tem algumas regras definidas pela sua criadora – do blog a arte da simplicidade - aqui vão elas:

“responde a estas 5 perguntas de forma rápida e pública as tuas respostas no teu blogue. 

faz uma hiperligação para o blogue que te nomeou. (de certeza que o seu autor vai adorar conhecer-te melhor e ainda podes dar a conhecer o seu trabalho aos teus próprios leitores)

nomeia 3 bloggers que gostavas de conhecer mais e desafia-os a completar a mesma tag."

 

e as bloggers vencedoras para a nomeação da mami são: a rapariga do autocarro, a bruxa mimi e a célia 

tag 25 perguntas aleatórias

  1. sais de casa sem...?

guarda-chuva

 

  1. qual é a tua marca de maquilhagem preferida?

tenho preferência por diversas marcas de acordo com o produto

 

  1. qual é a tua flor preferida?

jasmim

 

  1. qual é a tua loja de roupa favorita?

não tenho uma relação de exclusividade com nenhuma, estou aberta ao que têm para me oferecer

  

  1. saltos altos ou baixos?

depende da ocasião … se quero ser boa têm de ser o mais alto possível!

 

  1. qual é a tua cor favorita?

verde esmeralda

 

  1. qual é a tua bebida preferida?

vinho

 

  1. qual é o teu hidratante favorito?

o que estiver em promoção

 

  1. pretendes casar? 

já disse que não, já disse que sim…

 

  1. irritas-te facilmente? 

sou o monstro da tasmânia!

 

  1. róis as unhas?

não, tenho dentes demasiado fracos!

 

  1. já desmaiaste? 

vezes sem conta!

 

  1. onde estavas há 3 horas atrás?

no mesmo sítio onde estou agora!

 

  1. estás apaixonada? 

sempre que posso

 

  1. qual foi a última vez que foste ao shopping?

ah? o quê? nem me lembro

 

  1. assististe algum filme nos últimos 5 dias?

 estas questões começam a deprimir-me!

 

  1. como estás vestida agora?

pijama e roupão com um certo aroma a leite azedo

 

  1. qual foi o último alimento que comeste?

nestum!

 

  1. qual é o teu animal favorito?

o homem

 

  1. como seriam as tuas férias de sonho?

agora?! já? era o cliché do sol, mar e cocktails! (com direito a babysitter e ama de leite)

 

  1. quais são os planos para hoje à noite?

dormir – mais do que planos é um desejo!

 

  1. o que estás a ouvir agora? 

o palrear da minha princesa guerreira

 

  1. colecionas alguma coisa? 

intencionalmente não, mas tenho uma assombrosa dificuldade em me desfazer das coisas

 

  1. comes fastfood?

sometimes … sou arrebatada por um desejo incontrolável!

 

  1. perfume favorito.

quizás da loewe … um perfume que cheira a limpo! e que nos lembra que tudo é possível

quizá...o meu perfume

imagem retirada daqui

 

obrigada doce miss queer por me teres nos teus pensamentos 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D