Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

nego-me a acreditar

no outro dia o mais.que.tudo chegou a casa, após jantar com um amigo que é médico e disse-me que este lhe terá dito que a nossa filha só nos identificará, como mãe e como pai, a partir dos 14 meses.

 

eu, que não sou nada romântica nestas questões da maternidade, nego-me a aceitar esta informação. não vou sequer pesquisar sobre a mesma.

 

eu já disse várias vezes que se, por alguma razão, nós (pais) desaparecêssemos da vida da princesa, e outras pessoas tomassem o nosso lugar, com dedicação e afeto, numa semana ela já se teria esquecido de nós – e fico feliz por saber que ela estaria feliz.

 

mas nego-me a acreditar que ela, ao olhar para mim, não saiba que sou a sua mãe. vá podem dizer-me que não tem consciência do conceito. aceito. mas que não sente o que nele se traduz? não engulo, seja médico ou carpinteiro a dizê-lo.

 

sou a única constante na vida daquele ser desde que nele despertou a consciência. asseguro a satisfação de todas as suas necessidades – físicas e emocionais. e vêm agora dizer que ela só me reconhece como mãe aos 14 meses?!

 

 

nego-me a acreditar

 

 imagem retirada daqui

mulheres

o .mais.que.tudo. ao partilhar comigo o seu dia, referiu que tinha tido uma argumentação mais acesa com uma colaboradora.

admitiu ter subiu um o tom de voz.

olhou para mim e riu-se.

perguntou - sabes o que ela me disse a dada altura?

eu: ?

ele - ela disse: "tem calma que não sou tua mulher". 

eu: 

 

de duas uma:

- a rapariga acha que eu sou do tipo de mulher submissa à vontade do seu macho

ou

- a rapariga acha que os maridos, e só eles, podem tratar desta forma as mulheres!

 

relacionamento

imagem retirada daqui

o meu paizinho

a propósito do pseudo-escandalo-que-logo-se-abafou diz o meu querido pai:

 

"também não vejo necessidade de andarem agora atrás do centeno, ele tem-se portado tão bem lá fora"

 

o meu paizinho é um fofo (de alma lusa e coração benfiquista)

 

centeno e o benfica

imagem retirada daqui

 

senhores do ministério público façam favor de não incomodar o sr. presidente do eurogrupo! 

com amigos assim...

não sei se já aqui partilhei o sexo do bebé...mas caso não o tenha feito informo que...

-  vamos ter uma princesa  -

 

quando o meu .mais.que.tudo. partilhou esta informação com um amigo, este, após dar-lhe os parabéns, comentou:

"vais andar a criar carne para os outros comerem!"

 

não será de mais dizer que o .mais.que.tudo. panicou perante a crual realidade 

e fez esta expressão! 

bison-60592_960_720.jpg

imagem retirada daqui

 

intrigas da aldeia

estas últimas semanas antes das férias têm sido uma loucura! como diz alguém que conheço "não tenho tido tempo nem para me coçar"!

há muito que queria vir partilhar um episódio que ainda nem sei bem como designar. na passada semana andava eu nesta azáfama e a minha best friend ou como gosto de chamar "my person" começa uma conversa por sms, no mínimo, hilariante! ela tinha feito uma descoberta sobre algo que eu lhe tinha ocultado (estava a ser irónica pois sabe que para ela a minha vida é um livro aberto).

então vejam esta maravilhosa história: "o meu ex namorado gostava imenso de mim mas não conseguia manter a farsa e acabou comigo por ser homossexual". vejam o que uma mulher descobre passados tantos anos! 🤣 juro que gostava de entender porque as pessoas se entretém a inventar histórias sobre a minha vida! e nem imaginam elas que sou uma blogger famosa 🤣🤣🤣 o hilariante da história não se esgota aqui. estava eu a receber as sms com uma outra amiga e a rirmos às gargalhadas pela estupidez humana. até que a "my person" me diz que quem contou a história à pessoa que lhe contou a ela, era a pessoa que estava a meu lado (facto que ela desconhecia). eu soltei uma gargalhada ainda maior, pois sabia tal não ser possível! a amiga a meu lado ficou verde de raiva por ser acusada de ter dito o que não disse! e bem, assim anda meio mundo a tramar outro meio!

angry-1256467_1920.jpg

imagem retirada daqui

o que deves ter, dizer ou fazer para seres irresistível

estudo científico

o que torna alguém irresístivel

 

recordando os estudos científicos da mami.

 

na continuação do estudo iniciado com o objetivo de responder à questão o que deves dizer ou fazer para o teu engate fugir (a correr), esta semana lançamos a questão inversa: o que deves ter, dizer ou fazer para seres irresistível, em mais um post enquadrado na rubrica de estudos sociológicos no café.

 

mantemos o mesmo rigor científico e a mesma equipa de investigação.

amostra: 8 indivíduos de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 38 e os 71 anos)

questão: o que a pessoa deve ter, dizer ou fazer para ser irresistível?

obtivemos os seguintes resultados:

 

respostas do sexo feminino:

.ter peito largo (porto de abrigo)

.cheirar bem e ser quente

.bem vestido (sapatos com pompom, camisa às riscas e pullover vermelho ao pescoço)

.ter tatuagens (ar de bad boy)

.um olhar desafiador

. um registro criminal significativo

 

respostas do sexo masculino:

.mostrar sem mostrar

.um olhar cativante

.um bom rabo

 

observação significativa:

onde estão as questões emocionais e as características pessoais?

o que nos atraí é apenas o físico, preferimos não saber mais (para assim viver a ilusão da paixão)?

 

e para ti, o que torna alguém irresístivel?

 

o que deves dizer ou fazer para o teu engate fugir (a correr)

estudo científico

 

 

bar, friens and RS

 

recordando outros estudos científicos da mami 

 

vou hoje abrir um espaço sem precedência no blog e sem a certeza de continuação: estudos sociológicos no café.

pessoas sempre me fascinaram. a diversidade. a subjetividade. o complexo dos diversos fatores que definem cada ser.

mesmo nas coisas mais banais do dia a dia.

gosto de observar as pessoas em diferentes contextos, um dos mais deliciosos é o se "café do costume". as pessoas estão descontraídas e com quem gostam, ou com quem partilham algo em comum (o emprego, a vida, a pesca, o futebol, a música...) ou, apenas consigo mesmo.

 

neste contexto decidi lançar um estudo sociológico rigoroso e científico (porque há uma investigadora - eu -, uma amostra da população - eles - e um tema - relações)

metodologia: investigação participante

amostra: 12 indivíduos, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 11 e os 71 anos

questão: entras num bar e vês uma pessoa atraente, estão ambos na onda de "conhecer novas pessoas", o que ela poderá fazer ou dizer para tu perceberes "esta não"? (o ela deverá ser entendido sempre enquanto pessoa, quanto ao gênero, cada quem sabe de si)

 

respostas do sexo feminino:

.cuspir para o chão

.ter mau hálito

.desdentado

.usar meias brancas, camisa às flores, calças com bolsos de lado ou sapato super bicudo com a frente retangular

.nobreza de espírito, sanidade mental (não me adapto - risos)

.maltratar um animal, o empregado, ...

.conversa de engate banal

.ser um "player"

.ser muito "certinho" (esses escondem sempre qualquer coisa)

 

 respostas do sexo masculino:

.dizer que gosta de música pimba

.usar fio dental (e se notar), exagerados decotes e minissaias

.ela me mandar embora

.ser arrogante

.ser oferecida

 

e a vocês o que vos faz "saltar fora"?

 

Mais sobre mim

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

leitura para crianças

facebook

pinterest

diz não à violência doméstica

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

rasurando

logo.jpg