Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

jogos e personalidade

sempre fui "amante" de jogos, adivinhações e outros que tal.

no outro dia, rumo ao trabalho, ouvi este jogo nas manhãs da comercial:

estás em casa e acontecem em simultâneo as seguintes coisas - um bebé a chorar - o disparo da máquina de lavar anunciando o fim do programa - uma torneira mal fechada vertendo água - alguém a bater à porta - o telefone a tocar

o desafio é ordenar estas 5 situações por ordem de prioridade, ou seja, o que faria primeiro, depois, ... e por último.

aceitas o desafio?

 

jogos

 imagem retirada daqui

 

diz-se que: a tua escolha revela aspetos da tua personalidade

 

 

novos feriados em 2018

via GIPHY

 

não há nada melhor para começar o ano do que um desafio da mami  mais fofa da nação 

vamos criar novos feriados para 2018.

isto é uma coisa séria, não é assim uma bagunçada! (mas poderia ser)

vamos indicar o dia, o nome do nosso feriado, e o que visa comemorar e/ou o porque da sua criação.

aguardo pela vossa criatividade 

vamos arranjar forma de festejar novos dias... mesmo que não virem feriados, podem inspirar as pessoas a comemorá-los 

novos feriados 2018

 

publicaremos o novo calendário de feriados - alternativos - como prenda de dia de reis 

 

 

se eu fosse o pai natal

acabado o stress do natal, sendo a nossa única preocupação atual a questão das calorias,

vamos fazer um exercício reflexivo simples...

sim porque nestes dias não dá para mais 

se fosses o pai natal que mensagem terias para as pessoas nesta quadra - no geral ou para uma pessoa, à tua escolha, no particular?

mensagem do pai natal

 

 

iguarias sapo blogs - ementa

no desafio se o meu seu blog fosse uma iguaria gastronómica os audazes visitantes deste singelo estaminé, metaforicamente, caracterizaram o seu blog com uma prato.

foi assim criada esta ementa que, admitamos, é deliciosa!

 

ementa sapo blogs

ementa sapo blogs

 

entradas, aperitivos ou acepipes

(é à escolha do freguês)

perninhas de rã by chef ana

pataniscas de bacalhau ou de alho francês (opção vegetariana) by chef lady marina

ha cau (sugestão internacional) by chef pedro coimbra

 

prato principal

suculenta sardinha assada com broa e azeitonas by chef magui ferreira

jardineira by chef o ultimo fecha a porta

 

sobremesa

salada de frutos exóticos com banana e molho agridoce by chef mami

 

swirl-2.png

 

 

 visitem os blogs e verifiquem se o "prato" corresponde ao que encontram 

 

 

não se esqueçam de deixar o vosso contributo para o guia de lazer blogs 2017

desafio: guia de lazer blogs 2017

chegou o desafio da semana 

vamos criar o nosso guia de lazer escolhendo a melhor experiência que tivemos em 2017, deixando-a como sugestão para 2018.

deixem a vossa sugestão e caso tenham escrito sobre ela no vosso blog, deixem o link. 

vamos ajudar os nossos leitores a terem maravilhosas experiências  (hotéis, lugares, restaurantes, descobertas) ...e quem sabe ainda as acrescentarem às suas listas de prendas de natal 

_era uma vez..._ (7).png

o guia será apresentado num post bonitinho na próxima sexta-feira 

 

o sapo que não queria ser príncipe

no post vamos criar uma história a comunidade foi desafiada a criar uma história partilhada.

o arranque do desafio foi maravilhoso com a intervenção da c.s. e abrilhantado pela excelente continuidade dada pelo carlos. infelizmente perdeu-se o fio condutor e o objetivo do desafio.

não quis, no entanto, deixar cair o belo contributo já referido e reforço aqui o desafio para fecharmos esta bela história ... aguardam-se apaixonados contributos 

 

"era uma vez um sapo verdinho e de olhos ternurentos, que vivia no pântano que dá acesso à gruta encantada, e que gostava de levar uma vida boémia. o sapo regia-se apenas por uma única regra: jamais ser beijado!

ficara órfão muito cedo, ainda girino, numa altura de grande calor, o pântano secou e os pais dele acabaram por sucumbir! os sapos precisam de submergir nas águas para que a sua pele consiga absorver a quantidade de água necessária, senão acabam por morrer! e os pais dele, conseguiram colocá-lo numa pequena poça, desistindo assim da própria vida em prole do pequeno rebento!
antes de morrerem os pais, acabaram por lhe contar o verdadeiro segredo da gruta encantada.
desde cedo sabia então que apenas a muito custo conseguiria entrar na gruta encantada cuja única condição seria sentir o verdadeiro amor! apenas os que sentissem o verdadeiro amor e que vivessem em função dele para a vida toda, apenas esses, lá entrariam!
portanto como a vida já lhe tinha levado o amor dos pais, o pequeno sapo verdinho, vivia descrente neste sentimento universal, entregando-se à vida boémia que tantos dissabores lhe trazia!
mas fiel aos seus princípios, jurou jamais beijar alguém que não fosse o amor da sua vida!"

.

.

.

office-1548307_1920.jpg

imagem retirada daqui

 

a ementa sapo

novo desafio 

se o sapo blogs fosse um restaurante o que os leitores encontrariam para almoçar?!

é esta a questão que gostaria que me ajudassem a responder ... vamos nessa?!

o vosso blog seria qual igualia gastronómica? acrescentem, se possível, uma descrição que faça salivar os nossos "clientes" 

car@s visitantes doutras plataformas, não se inibam de responder...serão os pratos "internacionais" 

desafio o meu blog...gastronomia

 

vamos criar uma história!

olá pessoas lindas, mimosas, duronas, sarcásticas e maravilhosas que por cá passam.

se há algo que gosto no mundo que me acompanha é a sua diversidade 

hoje tenho um novo desafio 

vamos construir uma história partilhada.

as regras?

fácil, fácil!

têm apenas, e é mesmo apenas - para a coisa ter graça, de ler o último comentário a este post - aquando da vossa entrada, e dar continuidade à história.

não interessa o que está para trás, escrevam o que vos faz sentido em relação ao último comentário, pode ser? 

eu deixarei o título da história no final do post e vocês soltarão a vossa criatividade 

a história será depois copilada e partilhada num belo post 

acfrescenta um ponto

título: "o sapo que não queria ser príncipe"

como começariam a vossa história?

hoje trago um desafio muito pessoal, mas que acho que nos pode inspirar a todos a posicionar-nos e definir novos objetivos para um novo ano que não tarda a chegar!

num futuro, ao contar a vossa história de vida a alguém como gostariam de começar?

 conto com a vossa inspiração e partilha 

_era uma vez..._.png

 

eu começaria a minha história assim:

"com uma vida nómada, sendo de todo lado e de lugar algum, procurou criar um mundo seu, onde embora permaneça a sua vontade de desbravar o mundo, encontre o seu porto de abrigo enraizado não em lugares mas sim em pessoas..."

 

 

rapidinhas da semana #7

cá estamos para a nossa atualização semanal sobre o que de melhor (e pior) se passa por este cantinho à beira-mar plantado.

 

1 - a náusea da "polémica" do jantar da web summit no panteão nacional. não me recordo se já aqui comentei, no verão uma conhecida minha alemã referiu que portugal tinha demasiados canais informativos 24h para a sua dimensão e que por isso fazia de notícias o que não são notícias e que esmifram as pseudo notícias até ao absurdo.

esta história do jantar no pavilhão lembrou-me esse comentário (assim como a constante atualização das vítimas de legionella - os canais noticiosos como cães famintos aguardam por mais uma vítima para fazer disso notícia de última hora).

não simpatizo com o nosso primeiro ministro, acho-o pouco empático e muda de discurso consoante lhe convém. a sua indignação com o jantar no panteão trouxe ao de cima uma hipocrisia tremenda em relação a este assunto: já houveram jantares, encenações, missas, mas agora é que vem um problema?! acusa-se o antigo governo pela possibilidade dos eventos, exige-se (sangue) a demissão de pessoas e a revogação do decreto-lei... mas porquê tanto barulho agora? Qual a necessidade de manchar um evento, que parece ser consensual ser de interesse para portugal, como o é o web summit, com uma coisa deste género?!

com isto não quero dizer que acho bem ou mal jantares no panteão, na verdade acho apenas de mau gosto. há jantares em mosteiros e também há lá mortos! será que há defuntos que merecem mais respeito do que outros... mesmo após a morte há portugueses de primeira e portugueses de segunda?

se falássemos de shows de striptease talvez achasse indiscutivelmente ofensivo. honestamente, e mesmo sendo fã do harry potter, acho mais ofensivo uma encenação para o lançamento de um livro no panteão ... onde está aí respeito pelos defuntos?! ... é cultura dirão uns ...please, direi eu!

depois, enquanto em Portugal se procuram responsabilidades políticas, ao nível das crianças do pré-escolar, de fora vem o responsável do web summit pedir desculpas aos portugueses (questiono eu de que pede o sr desculpas, ele organizou um evento e obteve autorização…ponto!).

depois ainda vem o senhor "(...) bispo emérito de Beja criticou, esta segunda-feira, o jantar realizado pela Web Summit na passada sexta-feira no Panteão Nacional, fazendo alusão aos “bacanais” que os romanos realizavam nos cemitérios." - não haverá aqui um pouquinho, digo eu, de exagero?!

 

e olhem, sabem que mais, esta semana não há mais rapidinhas…esta situação irritou-me de mais!

o caso do panteão

imagem retirada daqui

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D