Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

que pai/mãe poderá dizer que nunca tomou uma má decisão em relação à vida do seu filho?

todos os pais são chamados a tomar decisões sobre a vida dos seus filhos a cada dia. nem sempre tomarão as mais consensuais ou politicamente corretas, mas acredito que tomarão aquelas que consideram ser “as melhores” para aquele ser que tanto amam.

ninguém toma uma decisão para prejudicar um filho (que acreditar neste principio). pelo menos não de modo consciente e premeditado.

nem sempre as decisões tomadas se revelam as melhores. que pai/mãe poderá dizer que nunca tomou uma má decisão em relação à vida do seu filho? (quer estejamos a falar de saúde, educação ou outras).

tem-me custado ler notícias a dizer que a mãe da jovem que morreu com sarampo é antivacinas. o que pensa a comunicação social? que esta mãe não terá já refletido sobre isso? não se terá já arrependido de não ter avançado com a vacinação?…precisará ela de um país a condená-la?!

o título que mais me chocou foi o do expresso “mãe da jovem que morreu com sarampo é antivacinas, não procura esta afirmação uma imediata condenação da mãe?!

qual é o custo (i)moral de vender jornais ou obter cliques para uma notícia?! confesso que o expresso muito me desiludiu com esta abordagem… ao nível do sensacionalismo do cmtv.

vacina sarampo

 imagem retidara daqui

 

a sábado explica que “a jovem sofreu um choque anafilático aos dois meses, quando são administradas várias vacinas aos bebés. depois, não voltou a ser vacinada.” os pais tomaram, na altura, a decisão que consideram mais benéfica para a sua filha, não compete a quem está de fora julgar e condenar esta família. quem pode dizer que não conhece casos de consequências graves por reações a vacinas?! são raros os caos, é verdade, mas existem.

entendo que se pretenda usar este caso para sensibilizar a população para a importância da vacinação, mas não creio que deva ser esta a forma. devastar uma mãe em dor pela perda da filha não deve ser o meio para sensibilizar outras famílias, pelo menos não no imediato, e não partindo de um ministro que tem de representar todos e ser sensível a todos.

 

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Observando por fora e por dentro 27.04.2017

    tem mesmo a certeza absoluta do que afirma?
    obrigatórias como nas ditaduras?
    já leu alguma vez as bulas das vacinas sobre os efeitos adversos?
    sabia que as seguradoras se recusam a assegurar a vacinação devido aos efeitos secundários das vacinas que podem acabar em morte?
    sabia que o vírus do sarampo não existe cientificamente?
    sabia que há um virólogo chamado dr. stefan lanka que desafiou todas as farmacêuticas e seus cientistas a provarem cientificamente a existência do vírus do sarampo?
    sabia que esse virólogo dr. stefan lanka dá recompensas a quem provar que ele está errado?
    sabia que a larga maioria dos médicos na europa não são vacinados e nem deixam os familiares serem vacinados?
    sabia que na roménia a larga maioria dos infetados estavam afinal vacinados?
    sabia que o supremo tribunal federal da alemanha deu razão ao dr. stefan lanka em como não existe prova científica sobre o vírus do sarampo?
    sabia que as vacinas entre outros ingredientes tóxicos tem ainda o herbicida canceroso glifosato?
    sabia que as epidemias terminaram antes do começo da vacinação?
    sabia que a pobreza e má qualidade de vida tem a ver com o aparecimento de antigas doenças?

    eu gostei sempre de estar bem informado e de conhecer a versão não oficial e ela é muito diferente da que nos andam a impingir, antes de emitir qualquer tipo de opinião.
    antes de tentarmos acabar com a liberdade dos outros devíamos ao menos informarmo-nos bem sobre o assunto, caso contrário geralmente sai asneira da grossa.
    deixo aqui uma informação entre tantas outras sobre o assunto, vacina, sarampo e o embuste da vacinação
    http://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/cienciamedicinafarmaceuticas-nao-197713

    boa semana e boa reflexão.
  • Sem imagem de perfil

    Manuel 27.04.2017

    Só uma coisa que tem aí que é MENTIRA. As seguradoras NÃO proibem as vacinas. As seguradoras NÃO pagam as vacinas NEM os tratamentos de situações que tenham efeitos adversos ás condições do seguro. É daí que vem isso... parece que escreveu sem saber nada sobre o assunto.
    Outra coisa onde demonstra TOTAL falta de conhecimento, é que lá por ter a vacina não se cria uma barreira intransponível. Se for aprender para que servem as vacinas, vai descobrir que a utilidade delas é ensinar o sistema imunitário (espero que saiba o que é isso...) a combater as infecções, evitando efeitos adversos. Para sua singela informação, o vírus do Sarampo pode infectar qualquer pessoa vacinada. A diferença é que uma pessoa vacinada só é contagiosa durante 1 a 3 dias, uma não vacinada é contagiosa durante 14 a 20 dias. É aqui que reside a grandiosa função da vacina que você AFIRMA não servir para nada. Mesmo no limite máximo, um vacinado irá infectar 73000 vezes menos pessoas do que um não vacinado. É por causa deste simples número que a vacina é parte do PNV. Tal como a da Rubéola que alguns países já deixaram de dar porque não existe qualquer detecção nos últimos 20 anos dentro das suas fronteiras.
    Em países como a Itália usaram a sua ideia... neste momento o número de infectados já vai ultrapassou 2600 onde 43 faleceram, a maioria pessoas entre os 4 e os 30 anos de idade. Cerca de 4% dos infectados os pais não os vacinaram porque acharam que as suas ideias é que tem razão. Dos 43 que faleceram, só 1 tinha a vacina, faleceu por ter atrasado a ida ao hospital e ter sofrido um paragem cardio-respiratória evitável se tivesse procurado assistência mais cedo.
    A teoria é muito boa... não funciona na prática.
    E aconselho-o a informar-me muito melhor antes de andar a espalhar falsidades aproveitando situações tiradas fora do contexto para proveito de algo com outros objectivos. Já agora, um dos senhores que referiu, que tinha descoberto perigosos efeitos adversos e andou a propagar esse estudo pelo mundo, ao mesmo tempo que vendia um produto da sua empresa que devia ser benéfico contra o sarampo... quando descobriram que o dito estudo tinha por base 12 doentes dos quais não tinha exames antes da vacina, tendo apresentado o resultado que foi a vacina que provocou a situação. Ao ser desmascarado, fugiu e suicidou-se, para evitar ser alvo de um processo em tribunal.
    Boa semana.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    leitura para crianças

    com um xi-coração podes ajudar!

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    diz não à violência doméstica

    instagram

    facebook

    pinterest

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    rasurando

    logo.jpg