Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

o sapo que não queria ser príncipe

no post vamos criar uma história a comunidade foi desafiada a criar uma história partilhada.

o arranque do desafio foi maravilhoso com a intervenção da c.s. e abrilhantado pela excelente continuidade dada pelo carlos. infelizmente perdeu-se o fio condutor e o objetivo do desafio.

não quis, no entanto, deixar cair o belo contributo já referido e reforço aqui o desafio para fecharmos esta bela história ... aguardam-se apaixonados contributos 

 

"era uma vez um sapo verdinho e de olhos ternurentos, que vivia no pântano que dá acesso à gruta encantada, e que gostava de levar uma vida boémia. o sapo regia-se apenas por uma única regra: jamais ser beijado!

ficara órfão muito cedo, ainda girino, numa altura de grande calor, o pântano secou e os pais dele acabaram por sucumbir! os sapos precisam de submergir nas águas para que a sua pele consiga absorver a quantidade de água necessária, senão acabam por morrer! e os pais dele, conseguiram colocá-lo numa pequena poça, desistindo assim da própria vida em prole do pequeno rebento!
antes de morrerem os pais, acabaram por lhe contar o verdadeiro segredo da gruta encantada.
desde cedo sabia então que apenas a muito custo conseguiria entrar na gruta encantada cuja única condição seria sentir o verdadeiro amor! apenas os que sentissem o verdadeiro amor e que vivessem em função dele para a vida toda, apenas esses, lá entrariam!
portanto como a vida já lhe tinha levado o amor dos pais, o pequeno sapo verdinho, vivia descrente neste sentimento universal, entregando-se à vida boémia que tantos dissabores lhe trazia!
mas fiel aos seus princípios, jurou jamais beijar alguém que não fosse o amor da sua vida!"

.

.

.

office-1548307_1920.jpg

imagem retirada daqui

 

18 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

instagram

facebook

pinterest

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

segues-me?

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D