Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

igualdade de género

a igualdade de género está na moda, pensarão alguns.

fica bem falar de igualdade, dirão outros.

é tudo muito bonito mas na prática ..., comentarão (sobretudo) muitas.

 

Pirâmide Social.jpg

efetivamente existe atualmente um maior investimento nesta temática - não fomos nós que nos lembramos, mas a europa que sugeriu -, proliferam as ações de formação (financiadas) nesta área.

como trabalho na área da educação achei que era meu dever fazer formação nesta temática. e, eu que me achava muito inclusiva percebi que ainda tenho, integrados de modo latente, alguns estereótipos ligados ao género e ao que "corresponde" a cada um. por outro lado, nos debates de grupo, percebo que muita da sensibilidade que temos para a discussão desta temática está associado ao próprio género: porque eles "estão a outorgar um direito a elas", estão a ser uns fixes  verifico também a esperteza das pessoas a dizerem o que "fica bem" e a agir, no momento a seguir, de modo contraditório (elas e eles).

Mas sejamos honestos, não se pode almejar numa ação de formação de 25h, 50h, 100h, alterar o que culturalmente está enraizado em nós desde que começamos a interagir com o mundo. acredito que estas ações são um "abrir de olhos" para a realidade que nos rodeia e para uma gradual mudança de comportamentos (em nós e, consequentemente, nos que nos rodeiam).

se eu já era sensível a esta questão, estando a fazer a formação, estou ainda mais atenta e preocupada com as questões de género. o facto de ter uma filha aprimora a vontade de que a igualdade seja atingida.

ontem cheguei à creche que a minha filha frequenta e a educadora partilha comigo esta sua grande frustração:

"estou a fazer chapéus para o dia das bruxas e os azul bebé não ficam nada bem. sabes que para meninas é cor de rosa e para meninos é azul, mas neste caso acho que os azuis não têm nada a ver. estou a fazer estes em roxo, o que achas?

eu respondo: - estão lindos! gosto muitos mais desses, têm mais a ver com dia, podes dar um desses a minha pequena!

e ela diz: - não. para a menina é cor-de-rosa!"

é esta mulher que formalmente "educa" a minha filha. ela nem conseguiu perceber o meu desagrado, a minha frustração. a minha filha no dia das bruxas vai ter um chapéu cor de rosa...porque é menina!

54 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Mais sobre mim

instagram

facebook

pinterest

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

segues-me?

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D