Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

há cada uma! #11

hoje temos a nossa querida bruxa mimi, alheia a tudo … ou talvez não, que no seu blog partilha as pitorescas aventuras da sua família, com grande destaque para a varinha, a vassoura, o feitiço e a magia – um blogue de todos para todos!

 

"Em primeiro lugar agradeço à mami ter-me convidado para participar nesta rubrica. Fez-me sentir especial e isso é sempre bom. 

Lembrei-me de três histórias para contar. Uma passou-se com uma colega de curso, há mais de vinte anos. Outra passou-se com a minha irmã Margarida, há quase quinze anos. A terceira passou-se comigo, há quase oito anos e meio. Como a mais antiga foi a primeira de que me lembrei, escolhi-a para contar desta vez. Se a mami quiser, as outras duas ficam para outro dia!

Era inverno, um dia chuvoso e frio. A minha colega apanhou o autocarro e conseguiu lugar sentado no último banco, aquele que é mais comprido e dá para cinco pessoas.

A meio da viagem, ela sente que lhe estão a fazer festas numa perna (não sei que perna, mas, para efeitos da história, digamos que era a perna direita). Olha para o lado e vê a mão do rapaz quieta, pousada sobre a própria perna. Fica confusa, claro. Teria imaginado as festas?

Pouco depois, volta a sentir as festinhas. Discretamente, volta a olhar para o lado, desta vez com mais atenção, e o que é que descobre?

Que a mão esquerda do rapaz continua pousada e quieta, mas que a mão direita do parvalhão (desculpem o vocábulo), escondida por baixo da gabardina, era a autora das festas!

A minha amiga contou-me que se virou para o rapaz e que o fulminou com o olhar. Ele parou o que estava fazer e não disse nada. Ela também não."

há cada uma #11

imagem retirada daqui 

 

não deixo de me surpreender com a lata das pessoas!

cuidado utilizadores de transportes públicos…eles andam aí! 

 

há cada uma! #10

18 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

o meu "blog de mãe"

instagram

facebook

pinterest

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

segues-me?

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D