Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

feito de esperança

ctt solidário com moçambique

 

os ctt há muito que disponibilizam as embalagens solidárias para várias instituições no território nacional.

o funcionamento é simples: vamos aos ctt pedimos as embalagens, levamos para casa e colocámos o que queremos oferecer, assinalando na embalagem qual a instituição beneficiária. entregamos a embalagem nos ctt e, a custo zero, o ctt entrega à instituição por nós escolhida.

em consequência da grave catástrofe natural em moçambique -  ciclone idai-, já considerada a mais grave do hemisfério sul, os ctt em parceria com os correios de moçambique disponibilizam a embalagem solidária – para envio de roupa - de 25 de março a 8 de abril.

é só recolher a embalagem num posto ctt e lá colocar peças de vestuário e calçado (adequados às caraterísticas climatéricas de moçambique). atrevo-me a dizer que roupas de cama, atoalhados e mantinhas de verão também são uma boa aposta. lembrem-se de enviar peças em bom estado que despertem um sorriso em quem as receber.

 

pisamonas - a qualidade mora ao lado

em 2017 houve um grande alarido em torno de uma marca de sapatos produzidos por nuestros hermanos, por ter sido a escolhida para calçar o principe george de inglaterra no seu primeiro dia de escola– até há suspeitas de que a kate – mãe do cachopo real-, terá feito a compra  no site da pisamonas com os seus próprios dedos! 

lembro-me de na altura ter pensado que se uma família com garantidos recursos económicos opta por uma marca acessível a todos, só pode ser pela qualidade do produto. e guardei o ficheiro mental para mais tarde explorar.

 

entretanto a pg nasceu e, embora tivesse presente a marca, para os primeiros passos achei melhor outra alternativa – curiosamente também da vizinha espanha.

quando a pg adquiriu a marcha de modo consistente e começou a explorar com segurança todos os territórios - tendo deixado para trás dois pares de desolados e maltratados sapatos e a garantia de que a mãe não precisa de ir ao ginásio-, soube, então, que tinha chegado o momento de explorar o que a pisamonas tinha para nos oferecer.

 

às pessoas com estilo e bom gosto como eu (gaba-te cesto) e sem a disponibilidade financeira dos papás do george (mas que como eles exige qualidade), o pior que lhes pode acontecer é entrar num site, superintuitivo, com coisas encantadoras!

agradou-me o facto de ter disponível calçado para todas as estações - isto porque o coelhinho da páscoa vai levar-nos a passear para o quentinho e a pg não tinha ainda calçado de verão.

a escolha era muita – modelos, estilos, cores, tamanhos -, mas confesso que fiquei rendida aos clássicos, nomeadamente às botas safari e às menorquinas.

 

e agora, aqui vem o pormenor que vagueia nas margens de uma fina linha entre o adorável e o piroso. estão preparadas? estão preparados? tcham (rufam os tambores): eu e a pg podemos usar sapatos iguais!!! melhor, vamos usar! é uma realidade… à qual não resisti (o papá também podia…mas não alinhou ).

e pronto, depois de muita contenção e bom senso, lá fiz a encomenda (para a menina e para a mamã). dois dias depois chegava a casa (até o raio do saco é giro!). confirma-se muita qualidade – material e acabamentos-, conforto e fofura.

 

pisamonas

fofo ou piroso? 

 

 

como sabem sou fã de compras online: pela facilidade da compra, a liberdade de horários e a economia (quando os portes e devoluções são gratuitas, como no caso da pisamonas, até poupamos o dinheiro da deslocação à loja!); acrescentando, ainda, o facto da web nos permitir aceder a diversos produtos que dificilmente encontraríamos na aldeia (sei que não vivo numa aldeia, mas muitas vezes parece que sim). mas para quem ainda não se rendeu ao mundo virtual, e gosta da marca, a pisamonas tem loja física no porto e lisboa – não será de admirar se, num dia destes, encontrarem o william na invicta a comprar sapatos para os infantes enquanto malha um finito!

 

 

menorquinas pisamonas

à espera da primavera

 

vá, se quiserem dar uma espreita aqui têm o site: https://www.pisamonas.pt

 

sejam fof@s, sejam piros@s ...o importnate é que sejam felizes!

hoje comemora-se o dia internacional da felicidade!

 

o que vês primeiro? mais desafios!

confia no teu instinto e regista o que vês primeiro em cada imagem

no final do post tens o significado para cada “leitura”

 

 

- 1 -

 

cara.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- 2 -

 

ilusao opt 9.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- 3 -

 

ilusao opt 8.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- 4 -

ilusao opt 5.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- 5 -

 

ilusao opt 6.png

 

 

 

 

 

 

 

1.

cara: pessoa sensível e bondosa, prefere evitar os conflitos. boa intuição que ajuda em muitas situações.

pássaros: pessoa cálida que adora a diversão, excelentes capacidades comunicativas, bom amigo e bom ouvinte. profissionalmente segue ou poderá seguir uma área que envolva a comunicação.

 

2.

crocodilos – pessoa que tenta controlar todas as situações da sua vida.

ave a voar – é alguém que se sente mais confortável a receber ordens do que a mandar.

 

3.

rabo e a pata traseira de cão – pessoa que procura sempre soluções criativas para os problemas. pensamento lógico com enfoque criativo.

focinho de cão – análise consistente da realidade. enfoque analítico na resolução de problemas.

 

4.

carro – pessoa que valoriza a sua liberdade. gosta de gerir a vida e vive-la a seu ritmo. grande capacidade de observação dos detalhes, levando por vezes a demoras na tomada de decisões.

olhar por binóculos – pessoa que não prestas muita atenção aos detalhes, prefere ver o panorama global. não analisa as coisas em profundidade, preferindo analises mais rápidas.

letra a – pessoa rara. vê coisas que a maioria não vê,  perspetiva única e pensamento fora da caixa.

 

5.

rosto de uma jovem – hemisfério direito melhor desenvolvido. pessoa criativa e artística, com inteligência emocional bem desenvolvida.

homem a tocar saxofone – a logica é o forte destas pessoas. distinguem-se no pensamento analítico e na capacidade de aprender línguas.

 

 

 

fonte:genial

 

toca e sente - cores

 

toca e sente cores.jpg

 

o livro apresenta às crianças cinco cores: vermelho, amarelo, laranja, verde, azul.


o texto está muito bem construído e é rico em conteúdo na perspetiva do desenvolvimento da linguagem e aquisição de conceitos. para além das cores, introduz nomes (carro, lagarta, girassol…) e adjetivos (rápido, brilhante, compridas, rugosas,…).


as texturas são diversificadas: o fofo pelo do pintainho, a rugosa casca da laranja, o áspero do papagaio… este livro, embora seja da coleção toa e sente, tem vários apelos visuais, para além das cores, o brilho das texturas.


os desenhos estão muito bem conseguidos num fundo simples, sem ruído.


o livro é cartonado e muito resistente.

 

 

 

 

apreciação mami: as imagens, cores e texturas são apelativas. o texto o é rico. o livro é resistente e de fácil exploração pela criança.


apreciação pg:  a pg gosta do livro, mas não o ama. gosta de o explorar, de sentir as texturas, mas não fica “presa” a ele - após uma viagem pelas suas páginas, passa para outro.

 

 

autora: vários autores, parragon books, lda – uk

coleção: little learners

editora: porto editora

dimensões: 18cm x 18cm

preço: 5€ (preço médio)

quem quer respeitar as escolhas dos outros?

não me lembro de te ter pedido para decidires por

 

ando muito confusa.

por um lado, as pessoas defendem a pés juntos a liberdade individual e o direito à autodeterminação.  defendem a igualdade de género e a plena emancipação da mulher.

por outro lado, reduzem a mulher a um ser não pensante e incapaz de fazer escolhas, pois aparentemente, são um mero objeto ou marioneta nas mãos gigantes dos programas de televisão que andam a transportar as mulheres para o tempo – ou quiçá o continente - onde eram – e agora voltam a ser-, meras meninas casadoiras e serventes de seu marido.

questiono o porquê de diabolizar os canais de televisão, neste caso a sic (quem quer namorar com um agricultor?) e a tvi (quem quer casar com o meu filho?), por realizarem estes formatos de programas de entretenimento. quem não gosta, simplesmente, não vê. quem se inscreve para participar fá-lo de livre vontade. quem não concorda com o formato, não se inscreve. ninguém é obrigado ou obrigada a participar ou a ver o programa (um, outro, ou ambos!).

se uma mulher decide concorrer a um dos referidos programas está a usar a sua autodeterminação (lamentarão as senhoras e senhores feministas, que não a use para encontrar a cura para o cancro, para chefiar uma multinacional ou, simplesmente, para mudar o mundo), mas estão a usar o seu direito de fazer o que querem com a sua vida.

temos que deixar de ser arrogantes quanto à nossa opinião sobre o mundo e sobre as pessoas; temos de deixar de ser fundamentalistas e quiçá, se possível, perceber também que as nossas certezas são nossas e que podem não ser a de outros, que aquilo que é melhor para nós poderá não ser o melhor para todos.

tudo tem um contexto. e é esse contexto (social, familiar, cultural, profissional…) que enquadra as opções das pessoas. acreditar na liberdade é aceitar as escolhas dos outros. é não impor as nossas escolhas, mesmo que acreditemos que são as melhores. há vidas tão diversas, percursos tão diferentes, querer que todas as pessoas se enquadrem no mesmo padrão de vida é querer robotizar o ser humano. e no fundo que mal tem se o desejo de uma mulher for casar e ter filhos? que mal tem se não tiver ambição profissional? se o papel que a preenche, que a faz feliz é ser uma “boa” esposa e uma boa mãe. quem somos nós para retirar mérito a essa opção de vida?! porque teremos todas de ser “modernas” e querer ter carreiras de sucesso e atingir lugares de destaque “como os homens”?!

como há muito se diz: presunção e água benta, cada qual toma a que quer.

Mais sobre mim

leitura para crianças

com um xi-coração podes ajudar!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

diz não à violência doméstica

instagram

facebook

pinterest

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

rasurando

logo.jpg