Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

num aniversário especial

o.meu.mais.que.tudo. e eu festejamos hoje o nosso aniversário!

este último ano foi uma loucura.

um pedido em casamento (que me levou mais uma vez a perspetivar o tema)

e

um compromisso para toda a vida: a nossa filha

 

 

 

só posso pedir que, no mínimo, o próximo ano seja tão rico quanto este.

rapidinhas da semana #6

e depois de uma semana de interrupção voltam hoje as rapidinhas da semana 

 

1 - a arrojada lili. após algum tempo de "sossego" a socialite lili caneças volta a dar nas vistas. a sua participação na revista 'cristina' já teve as mais diversas reações. honestamente tenho apenas duas coisas a dizer: admiro a coragem (quiçá loucura em terras lusas) e gostaria que a lili apresenta-se uma expressão facial mais intensa perante a proximidade a tão belo cabeludo.

rapidinhas lili

 

2 - polícia encontra 29 cães em "condições degradantes" em apartamento de lisboa – acabo de ver a reportagem na rtp1 e confesso que não consigo entender o que leva alguém a encerrar 29 cães, de várias raças, num apartamento…onde os animais fazem as suas necessidades, comem e se atropelam, sem que haja nenhum tipo de cuidado.

 

3 - recolha das vitimas de legionella do velório - sinto uma profunda vergonha de o nosso país desvalorizar a dor e a homenagem que as pessoas e as famílias fazem aos seus defuntos. entendo que em situações destas devam ser feitas autopsias, mas não há um procedimento a seguir? isso não deveria estar salvaguardado antes de os hospitais libertarem os corpos? para além de haver um surto, de responsabilidade pública, que provocou ou agilizou a morte destas duas pessoas, lá vamos "nós" aumentar a dor e o desconforto das famílias com um "recolher" dos corpos enquanto estão a ser velados para as famílias. "ministro da saúde lamenta o sucedido e diz que 'terá havido um problema ao nível do diálogo'”.

 

4 - carrilho e a manipulação dos filhos - este senhor, a ser verdade tudo o que tem sido referido, é um grande porco. um senhor a quem a idade lhe terá certamente afetado a autoestima e virilidade e como qualquer passivo-agressivo terá usado a sua energia para diminuir e destruir a autoestima da ex-companheira. na sua loucura terá usado os filhos para atingir a mesma, colocando em stress a mais pequena, nos vários momentos de entrega à mãe e manipulado o filho mais velho, contruindo uma imagem negativa sobre a mãe. o senhor é muito feio, egoísta e mau pai.

 

5 - escócia pede desculpas a homossexuais condenados – esta é daquelas notícias que embora boas, me deixam perplexa pela minha ignorância sobre a condenação de pessoas apenas por assumir a sua orientação sexual… num país europeu! “o governo escocês aprovou uma nova lei que vai perdoar milhares de homens condenados por serem homossexuais e que poderão retirar a condenação dos seus cadastros.” “cerca de 50 a 100 homens por ano foram condenados por indecência agravada, até 1981, quando a homossexualidade foi descriminalizada no país.”

escócia  - homossexuais condenados

 

quanto tempo o tempo tem?

o tempo é uma coisa estranha. sempre o soube.

a sua gestão é - muitas vezes - uma ilusão.

quando precisamos que “corra devagar” transforma-se numa veloz avestruz. quando precisamos que “se despache” até o mais lento caracol parece ser capaz de o ultrapassar.

o mais fantástico é quando vivemos as duas situações em simultâneo. num mesmo momento na vida temos coisas que passam a voar e outras que se eternizam!

estou atualmente a viver esta ambivalência temporal. por um lado não tenho tempo para nada, por outro a catraia demora uma eternidade a dar um ar da sua graça ao mundo.

estou paradoxalmente presa entre o desejo de ter mais tempo e o desejo que o tempo passe depressa.

 

the persistent of memory.jpg

 a perssitência da memória - salvador dalí

Pág. 2/2

Mais sobre mim

leitura para crianças

com um xi-coração podes ajudar!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

diz não à violência doméstica

instagram

facebook

pinterest

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

rasurando

logo.jpg