Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

dia do pijama

há três anos o meu sobrinho, então com dois anos, abeirou-se de mim com um mealheiro em forma de casa. fiquei a olhar à esperar do que teria para me dizer. disse apenas: "tostões para os meninos". foi então que a minha irmã me explicou a missão pijama e o projeto que estava a ser desenvolvido na escolinha do pequenito.

desde então todos os anos ele participa nesta iniciativa levando toda a família a envolve-se. acho o projeto muito interessante e considero que mais do que damos, este é um claro caso em que recebemos, pois para o pequenito é obvio que temos de ajudar as crianças que como ele não têm por perto o papá e a mamã (o discurso foi desenvolvendo ao longo dos anos), o projeto naturalmente desperta nele a capacidade de olhar e ajudar o outro e, em simultâneo, valorizar o que tem.

"a missão pijama é uma iniciativa criada pela mundos de vida, em 2012, com a finalidade de sensibilizar o país para o 'direito de uma criança crescer numa família', promover o acolhimento familiar de crianças e reduzir o número de crianças institucionalizadas."

 

missão pijama

dica facebook

depois do maravilhoso dolce far niente de ontem, hoje acordei cheia de energia e com a cabeça a fervilhar!

tenho de me mentalizar que um reset de vez em quando é mais benéfico do que o massacre da responsabilidade!

bom, andava nas minhas pesquisas e esbarrei como uma informação que me deslumbrou 

sou utilizadora esclarecida e defensora do facebook (até como tecnologia educativa); conheço as suas desvantagem mas acredito que as suas vantagens ultrapassam as mesmas e que, como em tudo, a questão perniciosa não está na tecnologia, mas sim na utilização que lhe é dada.

cada descoberta de possibilidades no facebook é para mim uma manhã de natal. hoje foi uma dessas manhãs. 

quantas vezes não encontras no facebook um post interessante que gostavas de ler, mas não tens tempo para o fazer no momento?

acontece-me inúmeras vezes, pensando sempre que será impraticável voltar a encontrar o post no meio do manancial de informação usual nesta rede social.

descobri agora (devo ter andado distraída pois parece que esta funcionalidade existe pelo menos há um ano!) que há uma forma de guardar os post no facebook (para leitura posterior)! é só fazer o que vemos na imagem:

 

dicas facebook

depois só tens de ir aqui e ver os teus post guardados!

 

porque eu mereço

relax

 

hoje reivindiquei o meu direito a não fazer nada!

questionarão se o fiz perante o meu simplex, perante a minha mãe, amigos ou patrão.

não!

reivindiquei este direito perante a pessoa que mais me exige, que menos tolerante é com as minhas fraquezas ou imperfeições.

revindiquei este direito perante mim mesma!

a esta hora estou a lutar para não me "sentir mal" por não ter feito nada (de significativo) no dia de hoje;

e assim poder usufruir prazerosamente, à lareira, da minha decisão!

e usurpando o slogan da l'oreal fi-lo "porque eu mereço"

delicias de outono: doce de abóbora

depois de aceitar o final do verão, começo a apreciar as coisas boas do outono.

a confeção de doces e compotas caseiros são uma paixão e o preâmbulo para deliciosos pequenos almoços e sobremesas.

o doce de abóbora é dos meus preferidos. este ano procurei receitas diferentes da habitual, as minhas adaptações consistiram basicamente na redução de açúcar e na combinação, em partes iguais de açúcar branco e açúcar amarelo.

 

doce de abóbora com toque de citrinos

doce de abóbora com citrinos

 ingredientes:

.1500g abóbora descascada e cortada em troços pequenos

.300g de açúcar branco

.300g de açúcar amarelo

.sumo de 2 limões

.sumo de 2 laranjas

.1 pau de canela

.200g miolo de noz (opcional)

 

preparação:

.coloca na panela a abóbora, o açúcar, o sumo dos citrinos e o pau de canela.

.mistura todos os ingredientes e deixa cozinhar, em fogo lento, durante cerca de hora e meia.

.retira o pau de canela e tritura o preparado (aqui podes definir se queres deixar o doce com alguns pedaços de abóbora ou se preferes triturar por completo)

.leva novamente a fogo lento e envolver o doce. 

.ao ferver retira e enfrasca ou se desejares acrescenta as nozes e deixa cozinhar, em fogo lento, por mais 5m (eu enfrasquei metade e fiz o restante com nozes).

podes ver a receita original aqui.

 

 

overnight doce de abóbora

doce de abóbora com nozes

ingredientes:

.1500g abóbora descascada e cortada em troços pequenos

.300g de açúcar branco

.300g de açúcar amarelo

.1 colher (sobremesa) de canela em pó

.1 pau de canela

.200g miolo de noz (opcional)

 

preparação:

.coloca numa taça grande a abóbora, o açúcar e a canela em pó.

.mistura todos os ingredientes, tapa e guarda no frigorífico durante a noite (aproximadamente 12h).

.coloca o preparado numa panela, acrescenta o pau de canela e deixa cozinhar em lume brando durante cerca de 2h (o tempo pode variar dependendo do gosto por doce mais ou menos apurado).

.retira o pau de canela e tritura o preparado (aqui podes definir se queres deixar o doce com alguns pedaços de abóbora ou se preferes triturar por completo)

.leva novamente a fogo lento e envolver o doce. 

.ao ferver retira e enfrasca ou se desejares acrescenta as nozes e deixa cozinhar, em fogo lento, por mais 5m (eu retirei e enfrasquei metade e fiz o restante com nozes).

podes ver a receita original aqui.

 

diz-se que:

- uso "abóbora porqueira" cedida pela mamã. como me dá uma inteira, o ritual de a atirar ao chão com força para que parta e abra é um momento delicioso 

- para criar vácuo nos frascos de doce, depois de estes serem esterilizados (em água a ferver) e secos, devemos colocar o doce ainda quente, tapar, virar ao contrário e deixar desse modo até o doce arrefecer.

vizinhos sem civismo

civismo

há pouco tempo adquirimos um apartamento, num prédio antigo, no centro de lisboa.

o prédio foi totalmente requalificado, todos os apartamentos foram rapidamente vendidos, pelo que, nos "mudamos" todos mais ou menos ao mesmo tempo. 

a empresa de condomínio é um apêndice da empresa que executou a obra do prédio, pelo que foi quase que assumido que seria essa a empresa a contratar.

não vivo (ainda) "a tempo inteiro" no apartamento. numa das minhas primeiras visitas ao prédio, assim que abro a porta deparo-me com 3 caixotes do lixo (daqueles verdes do município) apinhados e emanando um odor insuportável! - imaginem a minha cara ao entrar no prédio e levar com este cenário. pensámos: é verão podem haver menos serviços de recolha.

manhã seguinte o mesmo cenário acrescido de uma cerca de garrafas de vinho (sei as marcas preferidas dos vizinhos, visto que dispuseram as garrafas dignamente evitando a humilhação de as meter em sacos!).

ao terceiro dia o cenário nojento teve novos acréscimos! Intolerável, do meu ponto de vista! fomos de férias e ao voltar o cenário manteve-se (embora com "novo lixo"). decidimos que teríamos de falar com o condomínio...o tempo foi passando e não o fizemos, embora a situação se mantenha (mas como só nos lembramos quando lá vamos - em média uma vez por mês - temos facilitado!)

há dois meses o simplex reparou num pormenor absolutamente absurdo: a vizinha da frente coloca o seu lixo num saco de plástico à porta do apartamento, ou seja no corredor que nos é comum (existem apenas 2 apartamentos por andar). ora bem, eu conheço o apartamento dela, pelo menos a sua arquitetura e tenho certeza que a senhora tem varandas!

qual o grau de falta de civismo é necessário para deixar religiosamente o lixo num espaço que é comum? esta semana passei-me! cheguei a casa e ao sair do elevador senti um odor nauseabundo, fixei, e era, obviamente, o lixo dela. 

na próxima semana há reunião de condomínio e terei de explicar as pessoas que devem serem menos porcas e respeitar os espaços comuns!

encontrei na deco o artigo vasos de flores nas escadas do prédio dão coima que, embora visual e olfativamente mais interessante, ajuda-me a encontrar um argumento, para além da prática ativa da cidadania, para exigir que esta senhora guarde o lixo dentro da sua habitação ou que o leve ao respetivo contentor na rua (e não dentro do prédio! - esqueci de dizer que o argumento de termos contentores do lixo dentro do prédio é para evitar o furto dos mesmos...e do respetivo lixo).

lixo

decidi atualizar o post com uma foto para compreenderem a dimensão :(

este é o cenário assim que entramos no predio!

as cinco estrelas uber

uber

 imagem retirada daqui

 

hoje foi a minha estreia na uber.

baixei a aplicação, fiz o registo (temos de adicionar meio de pagamento: cartão de crédito ou paypal) e pedi um uber.

na verdade não foi assim tão fácil; como de costume estava atrasada e portanto estressada. então sem grande exploração da aplicação coloco para onde quero ir e chamo o uber, a questão é que na verdade estava a dizer ao sistema de onde queria sair… apercebo-me quando aparece a foto do jeitoso condutor com as indicações no mapa do tempo de demora ao local onde estava que, na verdade, era o local para onde queria ir. tento cancelar e não vejo como…saio da aplicação como se isso resolvesse tudo e volto a entrar…estando tudo igual. respirei fundo (sentindo a iliteracia digital a percorrer-me as veias) e lá encontrei como cancelar.  ao cancelar é-nos pedido que assinalemos a razão, mas não havia a opção do “aselhice de principiante”!

depois desta emoção inicial, lá fiz tudo direitinho. recebo a fotografia do sr. uber, a sua localização e o modelo e matrícula da viatura. ora bem eu sou muito limitada no que diz respeito a veículos automóveis. para mim um carro é da cor que é e pouco mais. assim, toca de decorar a matrícula – e assim identifiquei o sr uber (que no final da viagem me deu 5 estrelas :d )

com o caos da cidade em obras e eu a viajar em hora de ponta… lá fizemos um animado percurso. o senhor gostava de falar e eu sou boa ouvinte. o sr tinha começado a trabalhar na uber há pouco mais de uma semana e, numa viagem de 7km pela cidade, tive um curso intensivo do que é isto da uber.

vou partilhar o meu recém adquirido conhecimento (baseado na partilha do sr. uber):

. a uber é uma empresa americana que recebe uma percentagem por todos os serviços realizados baixo a tutela uber (em todo o mundo! – questionei-me: porque raio não tive eu uma ideia destas?!);

. atualmente já não é fácil, em portugal, um cidadão pegar no seu carrito, inscrever-se na uber e começar a fazer transporte (isso era d’antes)

. agora existem “patrões” que compram carros e depois “contratam” pessoas – em regime de prestação de serviços, para os conduzir (em turnos de 8h a 12h)

. “para ganhar 40€ por dia tenho de faturar 100€”, dizia o sr. uber, “pois uma parte vai para uber, outra para o patrão e eu recebe apenas uma comissão”, “no final do mês passo o recibo e ainda tenho de fazer os descontos”

. “as pessoas não se aguentam muito aqui, não é muito compensador”, conclui o sr. uber

. a câmara não dá mais licenças para taxistas pois argumenta que já há muitos, “mas todos tem muito trabalho”. “e depois nós [uber] fazemos os trabalhos que os taxistas não querem” -referindo-se a trabalhos de curta distância

o sr. uber estava a refletir sobre a vida e as suas condições salariais, eu aproveitei para adquirir algum conhecimento sobre essa realidade e no fim…também lhe dei 5 estrelas!

 

h2otel, o relax na serra

fui passar o aniversário a serra da estrela. estava um pouco triste pois sabia que ainda não tinha nevado e a serra sem neve, pensava eu, pouco interesse tinha.

ao chegar ao início do baile de curva e contra curva, e começar a ficar rodeada das magnificentes montanhas, de imediato rendi-me à impressionante beleza do local. lembrei-me de imediato de uma frase que ouvi muitas vezes: "tens de aprender a aceitar e aproveitar o que a vida te dá em cada momento".

maravilhada com o enquadramento cheguei ao h2otel em unhais da serra. hotel com bela arquitetura que de imediato me fez recordar uma rampa de sky.

h2otel

 foto retirada daqui

 

o hotel é divinal, sóbrio e caloroso. o staff é simpático e o quarto muito acolhedor - o nosso tinha uma magnífica varanda com vista para a serra. senti-me a heidi (patrocinada pela clara :D ).

h2o_hotel_06.jpg

 foto retirada daqui

mas o que efetivamente distingue este hotel é o aquadome, um espaço com piscinas, jacuzzi e circuíto celta (banho turco, sauna, sauna com cromoterapia, hamma, duche quente e frio) num cenário envolvente e maravilhoso. 

h2hotel

 

um dos aspetos que mais me apaixonou foi estar, no exterior, na piscina de água quente (com diversos jatos); uma excelente sensação de quente e frio (o corpo quentinho na água e o nariz gelado :D ). há uma sala com espreguiçadeiras, a sala da árvore, que é muito bonita, parece que estamos dentro duma gruta na qual nasceu uma imponente árvore!

é uma experiência que vale a pena!

 

um outro apontamento imperdível é o restaurante lenda do viriato em unhais da serra. possui um menu com pratos diversos, respeitando o tradicional mas dando-lhe apontamentos de requinte. por exemplo: comemos um bacalhau no forno acompanhado com puré de maça e gratinado de couve flor. toda a decoração e indumentária dos colaboradores recordam os tempos medievais.

lenda do viriato

 

diz-se que: o pequeno almoço no hotel foi também divinal, com produtos locais e diversos!

 

 

 

Mais sobre mim

leitura para crianças

com um xi-coração podes ajudar!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

diz não à violência doméstica

instagram

facebook

pinterest

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

rasurando

logo.jpg