Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

viver | amar | sentir | pensar | lutar | conquistar | desafiar | refletir | descobrir | experimentar | partilhar | aprender | acreditar | sonhar * ser mãe sem me perder de mim *

os livros, do volume I, da minha vida

em dia do livro decidi fazer uma viagem pelos livros da primeira parte da minha vida (comecei agora o segundo volume).

a leitura foi um hábito que adquiri na adolescência, surgiu de modo tímido, desbravou terreno e conquistou-me avassaladoramente.

já li muito. houveram livros que me marcaram pela forma como me puseram a pensar sobre determinados assuntos. outros pelo imaginário que faziam desenhar. outros pelas emoções que despertavam.

sendo eu algo esotérica a determinada altura comecei a compreender que não somos nós que escolhemos alguns livros, mas que são eles que nos escolhem. e isto torna este mundo muito mais interessante!

os livros que me escolheram:

- a metamorfose, franz kafka. o primeiro livro que me lembro de ter lido. foi aos 14 anos e teve um impacto abismal sobre mim. toda eu era transformações e em breve a minha vida também iria mudar de modo drástico, com uma mudança de país e de tudo aquilo que me era conhecido.

- a aparição, virgílio ferreira. um livro que despertou em mim imensas inquietações, fez-me questionar tudo. mexeu profundamente com as minhas certezas. um abanão que me levou a por tudo em perspetiva.

- todo o amor do mundo, harville hendrix.  um livro sobre relacionamentos que nos faz pensar no nosso papel na relação (nosso comportamento e atitudes) e na existência de uma outra pessoa também ela com uma perspetiva sobre as coisas (e desejos e receios).

 

o primeiro livro que me fez:

- rir: os meus problemas, miguel esteves cardoso

- chorar: as palavras quem nunca te direi, nicholas sparks

 

a saga fantástica que me apaixonou:

- harry potter, j. k. rowling

 

o que me manteve agarrada, página após página, fazendo com que o tico e o teco quase explodissem:

- o segredo, rhonda byrne

 

os que me fizeram por os pés na terra:

- diário de anne frank, anne frank

- queimada viva, souad

 

há muitos outros livros dos quais gostei, talvez melhores, mas foram estes que quando olho para trás saltam e se destacam…e se assim é, sem esforço de memória, é porque estão em mim!

livros da minha vida

imagem retirada daqui

vilalara thalassa - ideal para lavar a capa

o algarve é sempre uma boa escolha quando se procura um tempo agradável – a nível climatérico e a nível do ritmo a que se vive o dia.

encontrei um local onde a paz é total, onde o ritmo esmorece, a pressa desaparece e onde se podem apreciar pormenores que nos fazem sorrir.

a natureza enquadra cada edifício do resort e as cores intensas em tons de verde, bege e azul, fundem-se em total harmonia.

espaços grandes (quartos e áreas comuns), sem confusões, pequeno-almoço divinal e acesso direto à praia…assim é o vilalara thalassa resort, em porches.

 

quarto super clean e confortável

 

 

 

57485826_452499038819754_6959357065596764160_n.jpg

um belo romance 

 

 

 

57504171_2163920750395387_3498945904264609792_n.jp

a casinha de brincar é um mimo   

há também um espaço de atividades para crianças e um parque infantil (o hotel é completamente baby friendly!)

 

 

 

57538157_2064282803627598_6830382487642832896_n.jp

a praia das gaivotas... o nome encaixa na perfeição

 

 

 

57572661_173018813611995_8594928466439176192_n.jpg

natureza diversa um pouco por todo lado

57602800_1234138296751989_5181212142304493568_n.jp

 

58373993_2171113549591424_927052451570253824_n.jpg

 

 

 

58375080_413618536097750_4801443519015157760_n.jpg

belos pormenores perfeitamente enquadrados no todo

58442985_593849161091811_7086668056688066560_n.jpg

 

 

 

58377730_411080099682309_7667494711967350784_n.jpg

uma piscina de água salgada partilhada 

 

 

 

58441252_286019232281735_4473962119645102080_n.jpg

momentos perfeitos 

 

 

 

vilalara thalassa é um pequeno luxo, é certo, mas sempre acreditei que temos direito aos nossos desejos de requinte...e uma vez não são vezes 

 

 

miminhos para todos 

 

 

não tem sido um ano fácil, entre as exigências do trabalho e as da maternidade sinto-me cansada, sem energia e, constantemente, à beira de um ataque de nervos. um fim-de-semana neste pequeno paraíso em terras lusas permitiu que quebrasse com a rotina que aligeira-se a carga que me imponho, que deixa-se fluir a energia contida! não estou como nova, mas estou bem melhor ;)

neste belo local ou noutro qualquer, o fazer este corte com a realidade deveria ser obrigatório, como se de uma prescrição médica se tratasse. muitas vezes deixamos que as responsabilidades, as preocupações, os problemas nos engulam, nos roubem o ar, a energia, a alegria. e muitas vezes quando damos conta já estamos tão longe de nós que reencontrar-nos se torna difícil.

somos super mulheres e super homens, mas de vez em quando é preciso parar um pouco para lavar a capa, tirar-lhe todo o peso que carrega, para não deixar que o seu peso nos afunde e nos impeça de voar. não há maior mostra de coragem, do que reconhecer (sobretudo perante nós próprios) que precisamos de parar um pouco.

 

por do sol Vilalara Thalassa Resort

um pôr-do-sol inspirador

muito para além da aparência

hoje trago-vos mais uma maravilhosa série de imagens que desafiam a nossa visão.

há sempre algo mais para além do que percecionamos à primeira vista. há sempre algo que nos surpreendem.

 

façam uma boa viagem de divirtam-se 

 

ilusion

(autor: oleg shuplyak)

 

 

 

ilusão2.jpg

(fonte pinterest)

 

 

 

ilusao 5.jpg

(fonte)

 

 

 

ilusão 4.jpg

(fonte)

 

 

 

 

ilusao 7.jpg

(fonte pinterest)

 

 

 

ilusão

(fonte pinterest)

 

 

 

e para terminar com humor:

 

ilusion .

(fonte pinterest)

não comam os bebés desta mães

não tenho de o afirmar numa antecipada defesa, no entanto sinto essa necessidade.

quem passa por este espaço sabe que tenho uma visão inclusiva da sociedade. acredito na liberdade individual e na riqueza da diferença.

gosto de experimentar coisas novas e aprofundar visões alternativas sobre assuntos diversos.

neste manancial de experiências e pesquisas vou direcionando o meu caminho num processo constante. há um rumo baseado nos pilares da educação que recebi, há objetivos e responsabilidades assegurados, mas o meios para os atingir estão em aberto, sendo permeáveis a diversas influências.

não sou de modas. não uso, não faço, só porque os outros fazem ou porque alguém ditou uma tendência. mas vou sorver conhecimento e inspiração a essas tendências.

acredito que experimentando lá nos vamos encontrando.

mas neste processo todo há coisas que me irritam (profundamente), nomeadamente: os fundamentalismos.

que eu adore um bife de vaca, mal passado, acompanhado de um bom vinho tinto, não faz de mim herodes (vá, para fazer uma alusão à época em que estamos) que manda assassinar os bebés de belém para matar o messias recém-nascido.

eu não critico ou condeno quem não coma carne. respeito os valores e as crenças de quem opta por essa opção. espero o mesmo respeito. e não que me tentem “evangelizar” levando-me a ver o caminho errado que percorro - pecadora que sou já me fustiguei com 20 chicoteadas esta manhã...só para criar crédito para os pecados do dia  )

 

exageros

 

imagens como estas irritam-me. comparar uma relação humana de mãe e filha com a mesma relação nos animais é patética (com ressalva para algumas espécies).

“não comam os bebés desta mães”?! wtf?! sou tolerante…mas não abusem!

apetece dizer: não comam as mães destes bebés! - referindo-me à espécie humana 

 

bem já desabafei...vou lavar roupa.

a greve das greves

nos últimos dois anos as greves foram muitas. muita gente zangada com o governo, com as normas europeias, com bancos ou multinacionais.

muitas pessoas indignadas com as greves no setor da saúde (nas quais me incluí).

mas nunca antes uma greve com a capacidade imobilizadora da greve em curso dos motoristas de transporte de mercadorias perigosas.

greve dos motoristas de transporte de mercadorias perigosas

 

estes senhores, podem sim parar o país! os combustíveis – como há muito sabemos pelas guerras, guerrinhas e guerronas entre países para dominar os territórios com extração de crude -, podem parar tudo: transporte, comércio, turismo, restauração, … saúde, segurança e transportes públicos e aéreos é que parece que não porque o governo bateu com o punho na mesa, mas calma, há serviços que podem parar por falta de funcionários… tirando as grandes cidades não há redes de transporte público que permitam as pessoas se deslocarem aos seus empregos (choquem-se, mas é verdade!), por isso, sem combustível muitos ficarão sem forma de se deslocar.

esta greve, pode mesmo fazer “dói dói” e encurralar os senhores que mandam! vamos lá ver no que isto vai dar.

a sorte é que vêm aí 3 para uns, 4 para outros, nenhum para alguns, dias de descanso que atenuam um pouco a sensação de calamidade desta greve. vamos ver como isto está depois de comidas as amêndoas e beijada a cruz. aleluia, aleluia!

 

 

para desanuviar não se esqueçam de participar no passatempo para ganhar um livro e um kit de material de desenho/pintura.

e finalmente um passatempo!

passatempo mami/jb net

 

inspirada pelo coelhinho da páscoa trago miminhos para as pessoas bonitas que têm paciência para me "ler". quer dizer, para uma afortunada  ou afortunado  a jb net - comércio global teve a gentileza de me ajudar nesta missão.

 a prenda é para os mais pequenos/as: filhos, filhas, "filhastras", "filhastros", sobrinhos, sobrinhas, afilhados, afilhadas, netas, netos, irmã, irmão, vizinhos, vizinhas, filhos ou filhas de amigas ou de amigos... bem, penso que perceberam a ideia  ou para os mais crescidos que gostam de histórias renovadas e trabalhos manuais

assim, temos para oferecer um pack composto por:
- 1 livro “contos de meter medo (capa dura)” da editora Everest
- 1 mala com produtos da marca primo composta por: 1 frasco de guache, 1 frasco de cola vinílica, 1 boião de pintura a dedos, 1 plasticina, 1 tubo de guache, 2 lápis de cera, 1 lápis de cera jumbo, 1 triângulo de cera mágico, 2 marcadores de pintura, 1 marcador de pintura jumbo, 2 lápis de pastel, 2 lápis de pastel Maxi.


regras:
1) seguir a mami no instagram ou no facebook

2) gostar do post do passatempo (no instagram ou facebook) e identificar 3 pessoas nos comentários

3) seguir a jb net no instagram ou no facebook

4) preencher este formulário

 

o passatempo decorre de 15 a 30 de abril de 2019

passatempo válido no território nacional

as 4 regras acima mencionadas devem ser cumpridas

só é aceite uma participação por pessoa/perfil

os dados recolhidos serão utilizados apenas para efeito de apuramento do vencedor, através da atribuição de um número à participação, e posterior contacto

será premiada uma participação apurada em random.org

o resultado será publicado dia 2 de maio no blog - https://mami.blogs.sapo.pt

o/a vencedor/a será contactado por email para fornecer uma morada para o envio do prémio (da responsabilidade da jb net)

 

toca a participar e a partilhar a boa nova pelos vossos! 

quero tanto ficar em forma … sem grande esforço

passado pouco mais de dois anos decidi voltar a fazer uma dieta.

a gravidez foi muito boa comigo, eu também portei-me muito bem com ela.

o pós-parto foi generoso – bendita amamentação que me consumia toda.

mas após ter deixado de amamentar, há 3 meses, chegou a hora de restabelecer o corpinho (estou a ser meiga com o trato carinhoso que lhe estou a dar).

não que sinta que há muito a fazer, mas preciso de lhe dar “um jeito”. comecei na segunda-feira a fazer a minha dieta de eleição, a dieta dukan. o meu objetivo é perder 3 chatos quilos que deixei que se alojassem durante estes dois anos.

nunca tive dificuldade em fazer dieta, mas desta vez está a custar-me imenso. mas a teimosia mantem-se fiel à minha essência razão pela qual resisto heroicamente às forças da perdição.

hoje é um quinto dia, sem deslize algum. já me dei palmadinhas nas costas e beijinhos ao espelho.

limito o meu apetite e barro-me, duas vezes por dia, com creme redutor; sendo que, a única coisa necessária seria fazer exercício físico. parece tosca a minha escolha. mas o tempo e a energia (e a vontade) são tão poucos para o exercício.

vamos lá ver se quando o sol decidir instalar-se por estes lados eu ganho determinação e volto a fazer algum exercício, nem que sejam caminhadas de final de tarde com a pg – simples e saudável para ambas! – não se preocupem que não sou uma louca tirana, a pg irá no seu carrinho de passeio 

 

 

 

fica o bom som do boss ac ... impossível não sorrir  

vá e quiçá mexer um pouco o corpinho 

Mais sobre mim

com o teu irs ajudar não custa mesmo nada

com um xi-coração podes ajudar!

leitura para crianças

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

rasurando

logo.jpg

diz não à violência doméstica

instagram

facebook

pinterest

segues-me?

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D