Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

a propósito das tradições pascais

sim, eu sei que a páscoa já lá vai, mas como ando com um jet-lag emocional decidi partilhar convosco uma informação de utilidade publica a utilizar em anos vindouros.

na minha santa terrinha existe a tradição de o sr. padre ou alguém por ele indigitado, levar o cristo às casas da paróquia, permitindo aos cristãos comungarem do regozijo da ressuscitação do sr.

as famílias que desejarem receber a visita pascal deverão adornar o chão das suas entradas com flores e verdes. ao som dos sinos que a comitiva faz soar, e seguido do “aleluia, aleluia, cristo ressuscitou”, o sr. padre diz umas palavras, reza com a família uma oração, abençoa os presentes e a casa e dá o a cruz do sr. a ser beijada pelos presentes.

como católica, não praticante, bem dispenso estas cerimonias; mas a minha mãe não. assim, todos comungamos da festa da ressuscitação do sr. no entanto perturba-me colocar os beiços numa cruz beijada por muitos (onde está a delegada de saúde ou a asae nestes momentos?!). usava, até há pouco tempo, uma de duas estratégias: 1) o beijo a uma distância de segurança ou, 2) a colocação de dois dedos sobre o sr e o beijar os meus limpos dedos; ambos os gesto sempre acompanhados do olhar reprovador do portador da cruz.

uma amiga minha fez-me ver a luz. uma forma de reduzir o risco de doenças e nojices sem ficar mal vista pela comitiva do sr. a solução parece óbvia, discutível, mas a meu ver, eficaz. não sei se a ideia lhe surgiu numa epifania qualquer, numa simples reflexão entre copos sobre o assunto… ou mesmo num outro contexto sobre o qual prefiro não especular. mas vamos ao que interessa: como beijar o sr sem ficar conspurcado por uma doença qualquer ou ser mal visto por uma comitiva pascal? elementar meus queridos: beijem o sr no pénis! nenhum presado católico terá coragem de o fazer!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D