Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

dá-me um abraço

há músicas que nos dão tanto, que nos fazem sentir tanto, que nos fazem querer tanto.

dá-me um abraço de miguel gameiro é uma delas.

esta música tem a magia de conseguir o que poucas conseguem: espelhar a simples complexidade de um gesto e dos sentimentos a ele associados (na sua procura e no seu usofruto).

 

 

dá-me um abraço que seja forte
e me conforte a cada canto
não digas nada que o nada é tanto
e eu não me importo
...
dá-me um abraço fica por perto
neste aperto tão pouco espaço
não quero mais nada, só o silêncio
do teu abraço
...
já me perdi sem rumo certo
já me venci pelo cansaço
e estando longe, estive tão perto
do teu abraço
...
dá-me um abraço que me desperte
e me aperte sem me apertar
que eu já estou perto abre os teus braços
quando eu chegar
...
é nesse abraço que eu descanso
esse espaço que me sossega
e quando possas dá-me outro abraço
só um não chega

 

 

 

obrigada ao grupo interative-se por me ter lançado o desafio de refletir sobre "o abraço"; conhecendo eu esta canção...não há nada que possa escrever que chegue à profundidade e perfeição da emoção transmitida por esta letra.

que nunca falte um abraço a quem dele precisa!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D