Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

o estado do país #1

 

incêndios em portugal

 

considero-me uma moça com um coeficiente intelectual razoável.

sou socialmente adaptável às mudanças e exigências com as que constantemente me defronto.

as minhas competências pessoais e empáticas enquadram-se na média dos meus pares.

perante estes factos custa-me muito (muito mesmo) entender porque há coisas que não consigo entender.

uma destas questões é o "escândalo" no erro das contagens das vítimas do incendio de pedrogão. não se entenda com isto que considero indiferente haver mais uma ou menos uma vítima. não é isso. o que não entendo é porque se fazem manchetes atacando o governo e as entidades porque os números não estavam corretos e que os reais estão acima dos apresentados! depois de desmontada a(s) noticia(s) percebe-se que afinal estamos a falar que o (grande) erro de contagem é referente a uma vítima.

não seria mais pertinente e construtivo começar-se a trabalhar/ acelerar a reconstrução das aldeias, as indemnizações às vítimas, a prevenção de novas situações? porque esta perca de tempo? é um tapa olhos, uma desvio das atenções do cerne da questão? jogadas políticas em anos de eleições?

cada vez me identifico menos com os nossos meio de comunicação social nesta necessidade de esmifrar assuntos (quase) até ao ridículo.

 

 

 

os incêndios por cá - como ajudar

prevenção de fogos

nunca tinha tido uma experiência na primeira pessoa com incêndios. este ano, infelizmente, calhou que tal acontecesse.

por feitio sou uma pessoa bastante despachada, segura e com espírito de liderança. nesta situação senti-me pequenina e perdida. queria ajudar, dar o meu contributo...ser útil. só não sabia como.

para além do apoio que todos podemos dar levando bebidas (águas pequenas, bebidas isotónicas) e comida (fruta - maças e bananas, barras energéticas...) há outros pequenos gestos que qualquer um de nós pode fazer para ajudar a proteger a habitação própria e por conseguinte a dos vizinhos, a reter para quem vive numa moradia (como é o meu caso):

.regar o espaço exterior, assegurar que tudo o que temos no exterior está húmido de modo a evitar que as fagulhas tenham por onde se alimentar;

.ter baldes de água ou uma pá preparados para extinguir qualquer foco de incêndio que possa surgir. se virmos na nossa casa ou no espaço exterior qualquer coisa a arder (a importância da vigilância constante) rapidamente com um balde de água ou com uma pá conseguimos extinguir esse foco (nota: estamos a falar de incidências de pequena dimensão!). 

estes dois gestos podem evitar grandes preocupações e riscos, bem como dar aos bombeiros algum descanso!

 

diz-se que: isoladamente pode parecer pouco, mas o contributo de cada um pode fazer a diferença

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D