Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

bacalhau ... congelar sem demolhar?

bacalhau

 

decidi começar a encarar o natal 

no último fim-de-semana a minha mãe disse-me, a propósito da compra de bacalhau: aproveita as promoções, o preço vai subir!

eu, bem mandada, fui ao meu supermercado habitual e lá comecei a olhar para o convidado essencial na mesa dos portugueses, o sr. bacalhau! 

honestamente, pareciam-me todos iguais. munida da minha simpatia e assumindo a minha ignorância, lá fui ter com a senhora do bacalhau. simpaticamente questionou-me para que efeito o pretendia (estive a segundos de dizer: é para colocar na banheira para aproveitar as propriedades do sal, ouvi dizer que é excelente para pele - contive-me). concentrando-me novamente na senhora, referi que queria bons lombos.

dica 1 da senhora bacalhau: para ter bons lombos deverá escolher um peixe que tenha abas pequenas concentrando-se o peso e volume na parte central do peixe (pareceu-me óbvio, embora muito pertinente). prestando muita atenção à explicação da senhora, anui, sorri e disse: pode escolher por mim, se faz favor? (com o ar mais fofil que possam imaginar). simpaticamente assentiu e sorriu também (adoro pessoas simpáticas!)

surgiu aqui a dúvida existencial.

mami:por quanto tempo o posso guardar sem demolhar?

senhora do bacalhau: não dá para o natal!

mami: então o melhor será demolhar e depois congelar? (conclusão lógica lançada em voz alta)

senhora do bacalhau: não precisa de demolhar, pode congeral assim.

- grande nó na minha cabeça -

mami: mas é possível? não perde qualidades, seca ou salga mais?

senhora do bacalhau: não. na verdade pelo sal nem chega a congelar bem.

- nó grande começa a emaranhar-se -

mami: mas então para que congelar?

senhora do bacalhau: para conservar!

- começando a sentir que a conversa ia entrar em loop, decidi por término com um simples: muito obrigada  -

 

mas agora: o que faço com o bacalhau? demolho e congelo ou congelo sem demolhar?

cheguei a casa e comecei a minha pesquisa (não liguei à minha mãe pois sei que me indicaria o modo tradicional e o que eu pretendia era saber se o outro era efetivamente possível!)

os senhores da parmalat referem: "se quiser congelar bacalhau seco, deverá em primeiro lugar demolhá-lo. nunca o congele salgado." pareceu-me uma afirmação incisiva.

os senhores do bacalhau da noruega afirmam: "nunca congele o bacalhau ainda salgado!"  super incisivo!

continuei a pesquisa e não encontrei em lado algum que se possa congelar o bacalhau sem demolhar. 

de duas uma: ou a senhora do bacalhau é muito à frente e sabe novas técnicas, ou a senhora do bacalhau não devia ser a senhora o bacalhau!

 

vou demolhar o bacalhau e congelar, mas como gosto de dar o benefício da dúvida às pessoas e até gostei da senhora do bacalhau, vou congelar uma peça salgada ... não há nada como fazer a experiência  

 

já agora, alguma vez congelaram ou ouviram falar desta opção de congelar sem demolhar?

 

atualização do post (27 de setembro de 2017)

não aconselho a congelar o bacalhau salgado.
quando passado alguns meses (entre 4 e 6) fui buscar o bacalhau salgado congelado, não estava, ainda, congelado. o que me fez "desconfiar" da sua boa condição.
demolhei e cozinhei normalmente. achei que estava um pouco mais seco do que o anterior (demolhado e depois congelado).

por isto não acho que seja uma boa opção.

dica facebook

depois do maravilhoso dolce far niente de ontem, hoje acordei cheia de energia e com a cabeça a fervilhar!

tenho de me mentalizar que um reset de vez em quando é mais benéfico do que o massacre da responsabilidade!

bom, andava nas minhas pesquisas e esbarrei como uma informação que me deslumbrou 

sou utilizadora esclarecida e defensora do facebook (até como tecnologia educativa); conheço as suas desvantagem mas acredito que as suas vantagens ultrapassam as mesmas e que, como em tudo, a questão perniciosa não está na tecnologia, mas sim na utilização que lhe é dada.

cada descoberta de possibilidades no facebook é para mim uma manhã de natal. hoje foi uma dessas manhãs. 

quantas vezes não encontras no facebook um post interessante que gostavas de ler, mas não tens tempo para o fazer no momento?

acontece-me inúmeras vezes, pensando sempre que será impraticável voltar a encontrar o post no meio do manancial de informação usual nesta rede social.

descobri agora (devo ter andado distraída pois parece que esta funcionalidade existe pelo menos há um ano!) que há uma forma de guardar os post no facebook (para leitura posterior)! é só fazer o que vemos na imagem:

 

dicas facebook

depois só tens de ir aqui e ver os teus post guardados!

 

relax na serra

fui passar o aniversário a serra da estrela. estava um pouco triste pois sabia que ainda não tinha nevado e a serra sem neve, pensava eu, pouco interesse tinha.

ao chegar ao início do baile de curva e contra curva, e começar a ficar rodeada das magnificentes montanhas, de imediato rendi-me à impressionante beleza do local. lembrei-me de imediato de uma frase que ouvi muitas vezes: "tens de aprender a aceitar e aproveitar o que a vida te dá em cada momento".

maravilhada com o enquadramento cheguei ao h2otel em unhais da serra. hotel com bela arquitetura que de imediato me fez recordar uma rampa de sky.

h2otel

 foto retirada daqui

 

o hotel é divinal, sóbrio e caloroso. o staff é simpático e o quarto muito acolhedor - o nosso tinha uma magnífica varanda com vista para a serra. senti-me a heidi (patrocinada pela clara :D ).

h2o_hotel_06.jpg

 foto retirada daqui

mas o que efetivamente distingue este hotel é o aquadome, um espaço com piscinas, jacuzzi e circuíto celta (banho turco, sauna, sauna com cromoterapia, hamma, duche quente e frio) num cenário envolvente e maravilhoso. 

h2hotel

 

um dos aspetos que mais me apaixonou foi estar, no exterior, na piscina de água quente (com diversos jatos); uma excelente sensação de quente e frio (o corpo quentinho na água e o nariz gelado :D ). há uma sala com espreguiçadeiras, a sala da árvore, que é muito bonita, parece que estamos dentro duma gruta na qual nasceu uma imponente árvore!

é uma experiência que vale a pena!

 

um outro apontamento imperdível é o restaurante lenda do viriato em unhais da serra. possui um menu com pratos diversos, respeitando o tradicional mas dando-lhe apontamentos de requinte. por exemplo: comemos um bacalhau no forno acompanhado com puré de maça e gratinado de couve flor. toda a decoração e indumentária dos colaboradores recordam os tempos medievais.

lenda do viriato

 

diz-se que: o pequeno almoço no hotel foi também divinal, com produtos locais e diversos!

 

 

 

alimentação na gravidez – lacticínios

cow-151018_1280.gif

sabemos que o cálcio é um mineral essencial à grávida e ao desenvolvimento do bebé (dentes e ossos). os lacticínios são uma excelente fonte deste mineral, devemos integrar na nossa alimentação leite e derivados - 3 porções diárias (leite, iogurte e/ou queijo).

o bebé necessita de cálcio para a sua formação, se a mãe não o fornecer através da alimentação, o bebé irá busca-lo às reservas da mãe (sendo prejudicial para ambos, pois debilita a mãe e o bebé não absorve as quantidades necessárias).

“suguei” o cálcio da minha mãe que hoje tem imensos problemas (de dentição e osteoporose); eu tive sempre uma frágil dentição (verificada sobretudo nos dentes de leite e nos morales) pela pouca quantidade de cálcio captada na gestação.

 

sou uma cheese lover, adoro leite frio nos cereais (integrais claro ;) ) e os iogurtes são versáteis e um ótimo e saudável companheiro quando a fome aperta (o iogurte possui bactérias saudáveis que evitam o desenvolvimento de microorganismos nocivos; são excelentes para o controlo da flora intestinal contribuindo para o seu bom funcionamento).

opto sempre pelas versões magras (exceto no queijo que adoro todos e é impossível resistir aos mais gordos)

como o munda não é perfeito, na gravidez devemos evitar: queijo, leite ou iogurte não pasteurizados, incluindo queijos de pasta mole (brie, camembert, queijos azuis).

de modo a potenciar a absorção do cálcio dos alimentos é conveniente que alimentos ricos em cálcio não sejam consumidos conjuntamente com alimentos ricos em ferro.

 

diz-se que: os lacticínios (preferencialmente orgânicos) podem beneficiar a ovulação e aumentar as probabilidades de gravidez

alimentação na gravidez – os cereais

o top dos cereais graças ao seu elevado valor nutricional é a aveia. e fico feliz pois adoro!

ajuda a fortalecer o sistema imunológico e a controlar o peso (graças às sua fibras solúveis que proporcionam maior saciedade e ajudam a manter ativo o intestino). rica em minerais: zinco, potássio, sódio, cálcio, selênio, fósforo, magnésio, manganésio e o ferro, essenciais à boa formação do bebê.

são aconselhadas 30 gramas ao dia - floco, farelo (o mais nutritivo) ou farinha (o menos nutritivo).

 

relativamente a toda a variedade de cereais o conselho é a opção pelos cereais integrais pelo seu valor nutricional e controlo de glicémia.

ficam aqui duas receitas simples, saudáveis e deliciosas :)

 

 

alimentação na gravidez – grãos

as leguminosas que se destacam pelo seu valor nutricional são o grão de bico e o feijão (quer antes, quer durante a gravidez).

 

grão de bico – rico em ácido fólico é uma fonte importante de minerais (cálcio, magnésio, fósforo, zinco, ferro e potássio), vitaminas (destacando as do complexo b) e fibras. para além de fortalecerem o sistema imunitário da grávida, contribuem para o desenvolvimento do sistema nervoso do bebé.

 

feijão - contém antioxidantes, proteínas, carboidratos e é fonte de zinco, ferro, cálcio, magnésio, vitaminas (principalmente do complexo b) e fibras (incluindo as solúveis que proporcionam uma maior sensação de saciedade). é um alimento nutricionalmente completo.

ervilhas e lentilhas são também boas apostas.

legumes-665788_1280.jpg

 

diz-se que: o zinco ao contribuir para a digestão das proteínas e reforçar o sistema imunitário, contribui para um corpo mais ativo e fértil :)

alimentação na gravidez - sementes

nas minhas pesquisas sobre como a alimentação pode influenciar a fertilidade conclui que: não influencia :D

no entanto um corpo saudável, como boa circulação sanguínea e os nutrientes necessários tem melhores condições para alojar uma criatura.

reuni os alimentos mais consensuais para favorecer a gravidez. ao longo desta semana partilharei os meus “descobrimentos” :)

para hoje temos: sementes. regra geral todas as que são comummente introduzidas na nossa alimentação têm aspetos nutricionais interessantes. no entanto para a gravide destacam-se 3, por serem mais completas face às necessidades desta fase.

para 13342338_10208889680175913_1348093269_n.jpgantes de engravidar destacam-se as sementes de girassol - ricas em vitamina e - melhoram a saúde dos óvulos e dos espermatozoides e a regulação hormonal.

 

chia – alimento rico em fibras e ómega 3, ajudam a controlar os picos de apetite da gravida, a regular o trânsito intestinal e contribuem para a formação do sistema nervoso do feto.

podem ser utilizadas em sumos, iogurtes, saladas, misturas de cereais …o aconselhado é não ultrapassar uma colher de sopa de sementes de chia ao dia.

quando as adiciono aos sumos deixo-as em água pelo menos 30m antes de maneira a cria um gel que melhor contribui para a sensação de saciedade. de igual modo, quando as adiciono aos iogurtes, deixo-o repousar 30m no frigorífico antes de ingerir.

 

linhaça – rica em fibras, ómega 3 e ómega 6, ajuda a controlar o apetite, contribui para a diminuição da retenção de líquidos e ajuda combater a prisão de ventre. rica em ácidos gordos e ómega 3 é importante para a formação do sistema nervoso do bebé.

existe a linhaça dourada e a castanha. é aconselhada a linhaça dourada por ter um tratamento menos processado. como tudo tem peso certo e medida não é aconselhado mais do que duas colheres de sopa ao dia. eu opto por uma.

a linhaça pode ser consumida em semente, farinha ou óleo.

uso as sementes de linhaça em sumos (deixando-as de molho em água 1h antes), misturo-a com outras sementes e cereais para o pequeno-almoço, e uso em saladas). a farinha é mias agradável nos iogurtes.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D