Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

anel vaginal

rapazes, podem ler sem receio ... pode ser útil para alguém que conheçam

 

ao ler um post da maria mocha lembrei-me de partilhar algo que pode ser banal para alguns e novidade para outros.

sempre tive problemas hormonais, nada de grave, mas algo constante.

o início da toma da pílula fez brotar nos meus seios uma sementeira (assim me disse uma vez uma técnica de saúde). tenho fibroadenomas para dar e vender ... penso que vou nos 19 uns maiores, outros menores, todos controlados.

passei para aquelas pílulas de baixa dosagem, que exigem uma maior precisão na toma.

um ser criativo (termo fofo para alguém que passa a vida com a cabeça na lua) e com horários alucinantes (quer por trabalho quer por gostar de uma vida boémia) tem muitas dificuldades em manter rotinas e horários... por tanto a toma da pílula foi sempre um stress para mim.

numa noite, estranhamente numa reunião da maleta roja, vi a luz! não foi a promotora da marca mas sim uma amiga que lá estava da área da saúde que, após as minhas queixas, me fala do anel vaginal. fiquei maravilhada. fui falar com a minha enfermeira no centro de saúde, como não tenho contraindicações para o estrogénio, e a minha vida mudou! 

o anel vaginal tem a mesma eficácia da pílula, é um dispositivo hormonal de dosagem controlada, introduzido/retirado mensalmente no mesmo ciclo de 21 dias + 6 dias de pausa (é colocado e retirado ao mesmo dia da semana, ou seja, se pões a um domingo, retiras, após 3 semanas, também ao domingo). não há horários ou esquecimentos (a não ser que sejas o limite dos limites e te esqueças de por e tirar!); acresce a maravilha de ao não ser ingerido não é afetado por eventuais vómitos ou diarreias.

o que me metia alguma confusão no início era como colocar e sobretudo como retirar o anel. para colocar é super simples…é tipo colocar um tampão. para retirar é só introduzir o dedo e fazer tipo gancho, retirando o anel (cuidado com as unhas que podem magoar no interior).

fica aqui o exemplo ilustrativo de como é colocado:

anel vaginal

 imagem retirada daqui

 

42 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D