Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

fechando 2016

passado o advento, celebrado o natal, chegou a hora de me focar em 2017.

esperem, talvez ainda não.

não antes de fazer o balanço de 2016.

não se pode dizer que tive um bom ano.

seria injusto para com muitos dizer que tive um mau ano.

mas honestamente ainda bem que acabou.

este ano nada me trouxe que mereça ser arquivado na minha caixinha de recortes!

o trabalho intensificou as frustrações, trabalho numa equipa com imensas potencialidades e zero aproveitamento

academicamente ...fiz "zero" na minha tese de mestrado!

familiarmente a frustração de uma gravidez não conseguida.

romanticamente uma relação que se foi ressentindo de todas as minhas frustrações.

 

o bom,

os pais maravilhosos sempre presentes

irmãos fofos e sobrinhos que me derretem

um mais que tudo resiliente (teimosamente resistimos aos maus ventos recentemente sentidos  obrigada a todos os que estiveram presentes)

amigos verdadeiros (poucos como sempre, mas que não derrubam nem desiludem)

viagens que me despertam e preenchem (dubai, berlin, paris, s.tomé)

o blog...uma nova aventura que muito me enriqueceu, quer pelo autoconhecimento, quer pela partilha

 

e ao lembrar o bom, só posso estar agradecida!

2016 não foi tão bom como eu desejava, mas não posso ser ingrata.

não foi o que esperava, nem sempre foi fácil, mas afinal, não foi assim tão mau.

concluo com uma frase usualmente utilizada pela minha mãe "queixas-te de barriga cheia"

garfield.jpg

 

calendário do advento #22

hoje é dia de eu vos dar alguma coisa (a minha prendinha do advento  ).

sempre achei piada a jogos e enigmas. há anos fizeram-me um que tem "batido certo", quase na onda da análise introspetiva do "eu".

 

desafio do advento #22 

conhece-te a ti mesmo... já dizia o outro senhor

reserva 3m, sem interrupções, para fazeres o jogo.

entra no "cenário" e visualiza o que te é proposto.

não procures a lógica das coisas.

descreve tudo o que "vês" (quantos mais pormenores visualizares mais completa será a análise. não te preocupes com beleza das palavras ou a correção linguística, escreve de modo intuitivo e sentido  - à mão ou diretamente no computador)

não avances etapas. avança para a situação seguinte apenas após concluíres a anterior.

 

vamos começar?

1 - estás num deserto. descreve esse deserto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 - no deserto há um cavalo. como é?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 - no deserto há flores. como são?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4 - estás a ver umas escadas. descreve-as?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5 - surge uma terrível tempestade. o que fazes?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6 - depois de passada a tempestade descreve o que vês (considerando a presença ou ausência dos elementos introduzidos na história)

 

- the end - 

 

refleti como seria a melhor forma de fazer isto ... e como não há formulas perfeitas, deixo duas opções (isto é à vontade do freguês): colocam a vossa descrição nos comentários e respondo lá ou enviam a vossa história por email (lifestylematernity@gmail.com) e respondo pelo mesmo meio (neste caso coloquem nos comentários que enviaram por email, assim não corro o risco que se perca no spam).

 

por curiosidade: sentiram-se identificados com a análise do vosso deserto?

calendário do advento #11

 

o que não vemos não nos magoa, mas não quer dizer que não aconteca!

 

desafio do advento #11

no dia internacional da unicef faz o teu donativo (nunca penses que o que tens para dar é pouco, se cada ser do mundo desse 1€ a diferença se faria sentir)

 

calendário do advento #10

calendário do advento #9

calendário do advento #8

calendário do advento #7

calendário do advento #6

calendário do advento #5

calendário do advento #4

calendário do advento #3

calendário do advento #2

calendário do advento #1

calendário do advento #8

hoje é feriado ... yupi!

 

desafio do advento #8

 desliga-te do telemóvel, tablet, computador durante 4h seguidas (pelo menos! e não vale enquanto estás a dormir ) e dedica-te 100% àqueles que amas!

estás sozinho, longe dos teus? sai a rua (vai correr - sem música , ao cinema, a uma exposição...) conecta-te ao mundo!

 

por curiosidade: como foi a experiência?

 

calendário do advento #7

calendário do advento #6

calendário do advento #5

calendário do advento #4

calendário do advento #3

calendário do advento #2

calendário do advento #1

calendário do advento #5

 

desafio do advento #5

que mensagem tens para o/a teu/tua "ex"?

se tens assuntos inacabados escreve sobre isso e encerar o assunto (nem que nunca mostres a ninguém, nem mesmo a ele o que escreveste, por vezes só é preciso "deitar cá para fora").

o contrário também conta! se foi uma relação positiva, se te deixou coisas boas, agradece também por isso, nem que seja só agradecer à vida por te ter permitido conhecer essa pessoa!

 

calendário do advento #4

calendário do advento #3

calendário do advento #2

calendário do advento #1

viragem

fechar a porta

 

na passada sexta-feira tive um dia de cão vadio.

mais um "desgosto" no trabalho (eu que pensava que já estava imune!)

passei 2016 com o peso desta decisão, com avanços e recuos, mas a situação de sexta fez mesmo com que fechasse a porta. Quando me apercebi que não poderia haver outro caminho? Ontem quando em casa de uns amigos tive um discurso patético para o filho deles, que nada tinha a ver com o seu percurso profissional, mas sim com o meu!

a vida é curta, temos de aproveitar cada dia, fazer o que nos faz bem numa perspetiva otimista e saudável. temos, de igual modo, de ser economicamente responsáveis e para isso temos de trabalhar. porém, o que fazer quando o nosso trabalho inibe a nossa capacidade de ser feliz!

não estamos numa altura fácil para arranjar emprego. é verdade!

o nosso trabalho é um aspeto de extrema importância na nossa vida. é um facto!

estou frustrada e desmotivada. sinto-me desvalorizada. é uma vidência!

esta situação está a prejudicar o meu bem estar e a criar desequilíbrios emocionais. sem dúvida!

não vai ser fácil, sei que não.

vou começar 2017 com garra à procura de um emprego que me realize e que me permita crescer em todo o meu potencial!

sei que ainda é cedo para definir os objetivos de 2017 … mas que posso fazer, sou precoce!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D