Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

top 10 músicas boa onda, segundo a ciência

nas minhas deambulações deparei-me com um artigo intitulado "top 10 canciones positivas según la ciencia" e, como sabem, sou fã da ciência :)

assim decidi trazer aqui para o blog as canções que os senhores consideram as mais positivas, não se pense que foram escolhidas ao acaso; há uma fórmula e tudo! 

 

Rating = 60 + (0.00165 * BPM – 120) ^ 2 + (4.376 * Major) + 0.78 * nChords – (Major * nChords)

BPM - ritmo da canção (bits por minuto)

Major - 1 se a canção está em tom maior e 0 se está em tom menor

nChords -  nº de acordes que compõem a canção

 

#10 walking on sunshine - katrina & the waves

 

#9 i will survive - gloria gaynor

 

#8 living on a prayer - bon jovi

 

#7 girls just wanna have fun - cyndi lauper

 

#6 im a believer - the monkees

 

 

 #5 eyes of the tiger - survivor

 

 

 

#4 uptown girl - billy joel

 

 

 

#3 good vibrations - beach boy

 

 

 

#2 dancing queen - abba

 

 

 

#1 don't stop me now - queen

  

 

confesso ser algo crítica em relação a esta seleção...mas se é ciência é ciência 

dá-me um abraço

há músicas que nos dão tanto, que nos fazem sentir tanto, que nos fazem querer tanto.

dá-me um abraço de miguel gameiro é uma delas.

esta música tem a magia de conseguir o que poucas conseguem: espelhar a simples complexidade de um gesto e dos sentimentos a ele associados (na sua procura e no seu usofruto).

 

 

dá-me um abraço que seja forte
e me conforte a cada canto
não digas nada que o nada é tanto
e eu não me importo
...
dá-me um abraço fica por perto
neste aperto tão pouco espaço
não quero mais nada, só o silêncio
do teu abraço
...
já me perdi sem rumo certo
já me venci pelo cansaço
e estando longe, estive tão perto
do teu abraço
...
dá-me um abraço que me desperte
e me aperte sem me apertar
que eu já estou perto abre os teus braços
quando eu chegar
...
é nesse abraço que eu descanso
esse espaço que me sossega
e quando possas dá-me outro abraço
só um não chega

 

 

 

obrigada ao grupo interative-se por me ter lançado o desafio de refletir sobre "o abraço"; conhecendo eu esta canção...não há nada que possa escrever que chegue à profundidade e perfeição da emoção transmitida por esta letra.

que nunca falte um abraço a quem dele precisa!

inspiro e expiro

 

a minha primeira resolução de 2017, tomada nas últimas horas de 2016, foi a decisão de qual das minhas bandas de adolescência que iria ver em 2017.

a dúvida existencial era entre guns n' roses e red hot chili peppers.

estava eu na preparação do jantar a ouvir/ver youtube e começaram a passar as minhas músicas preferidas dos guns n' roses... quando me apercebi do meu entusiasmo a dúvida desfez-se de imediato! era esta a banda que iria ver. liguei de imediato à minha best e partilhei a minha decisão ao que ela simplesmente respondeu: 'bora! (adoro esta disposição a satisfazer os meus desejos!)

hoje, continuando a organizar a vida/ano/tudo, fui ver os bilhetes e .p.o.r.r.a. quem raio vende bilhetes a 79€!!!!!!!!????????? a sério?! vivemos em portugal como é possível o ingresso para um concerto custar 79€?! e já agora, uma banda que não edita há anos... e embora os adore...estão velhos e gordos!!!!!

posto isto (surpresa, raiva, frustração, desilusão...), inspiro e expiro, lá fui ver os bilhetes para a segunda opção: red hot chili peppers no super bock super rock. os bilhetes custam 55€, não se pode dizer que sejam baratos...mas são mais baratos e é um festival...se a banda der banhada sempre há outros que podem animar a malta.

num mundo perfeito, um pouco triste por não ver os guns lá me consolava com os red hot. mas não há mundo perfeito!

bilhetes esgotados para o dia do concerto. a única hipótese de ver a banda é comprar o bilhete geral do festival pela módica quantia de 109€ ... posto isto (surpresa, raiva, frustração, desilusão...), inspiro e expiro, acaba de ir por água a baixo a minha primeira resolução para 2017!

não havia necessidade 

a banda sonora deste natal

patrocinado pelo papagaio mais irreverente da blogosfera!

 

 

com o apoio d'o paciente impaciente :)

 

 

 

 

gentilmente sugeridas por robinson kanes

 

 

a proposta de T.

 

 

com o selo de garantia do heterodoméstico!

 

 

excelente para o momento de abrir os presentes  by mami 

 

FELIZ NATAL & OBRIGADA A TOD@S QUE FAZEM PARTE DO MEU MUNDO!

tudo é mais alguma coisa

hoje venho sugerir um blog de aparência simples que de simples nada tem 😉 

tudo e mais alguma coisa é um blog de mensagens curtas mas impactantes. o que parece ser postado ao acaso está repleto de mensagens e desafios para nos fazer refletir sobre determinado aspeto ou, por vezes, dar a conhecer excelentes músicas!

visitem e apreciem🤗

 

 

top 25 | musicas da minha vida parte - 3

depois de apresentadas as músicas da minha infância e as da minha adolescência ... e restando apenas 9 vagas para preencher os meus top 25 (não sei o que farei daqui para a frente com as novas músicas que surgirem ;) )... os vencedores são:

 

should i stay or should i go - the clash 

a minha música preferida em tantas noites e copos. começa a tocar e é impossível não se deixar invadir pelo ritmo.

 

is this love - bob marley

gosto do ritmo, "da calmaria animada" que se impõe.

recordo-me que uma das razões que me levou a jamaica foi a procura desde good feeling (para além das praias paradisíacas);

tive azar, não encontrei este feeling pelos locais por onde andei :(

 

eu não sei quem te perdeu - pedro abrunhosa

abrunhosa ja me aconchegou em vários momentos da minha vida, noutros fez-me acreditar. seriam várias as canções que poderia referir. no entanto, esta traz-me a memória de um amor que perdi para todo o sempre.

 

 with or without you - u2

sempre fui muito emocional. sempre respeitei as minhas emoções e contradições.

esta canção é o melhor exponente de uma amor onde o amor não chega.

 

i'm yours - jason mraz 

 a música é linda e traz-me à memória maravilhosas recordações de um concerto ao por-do-sol

no festival marés vivas, na praia do cabedelo em gaia.

 

estou além - antónio variações

um reconhecimento amadurecido das minhas angústias e necissades.

de uma eterna insatizfação e insesante procura

 

sit down (next to me) - james

outra banda que escuto porque me faz feliz.

gosto do ritmo, da menssagem e sobretudo das sensações que desperta em mim - da vontade de levantar de dançar :)

 

 la tortura - shakira & alejandro sanz

 a mulher é linda o homem tem um olhar irresistível.

para mim esta é uma das canções mais sensuais de sempre

 

 meu amor de longe - raquel tavares

só e apenas porque chegou na altura certa

 

como bem tinha dito o smurf ... 25 músicas mal chegam para assinalar todas as músicas que marcaram uma vida (neste caso a minha e até agora)

top 25 | musicas da minha vida parte - 2

seguindo a autorreflexão sobre as 25 músicas que marcaram a minha vida, depois de ter destacado as músicas da minha infância no primeiro post, viajo agora para a minha adolência (que vou considerar até ao final da faculdade pela dependência económica dos meus país e a despreocupação que isso implica).

o facto de ter sido emigrante fez com que o meu gosto musical seja muito diversificado. qase todos os sons fazem sentido para mim, embora goste mais de uns ou de outros de acordo com o meu estado de espírito.

 

don´t cry - guns n' roses

(confesso não ser hoje a minha canção preferida da banda, mas aos meus 13 anos era)

a banda, e esta canção em particular, foi introduzina na minha vida pelo meu primeiro, puro, lindo, maravilhoso e eterno primeiro amor. 

 

everything i do, i do it for you - bryan adams

vivia num prédio e o meu vizinho do andar de baixo (sensivelmente da minha idade) todas as noites (durante cerca de um ano) punha esta música assim que me sentia (não sei como) no quarto (que se note que no meu e não no dele :D )

nunca falamos sobre o assunto, mas ficou para sempre na minha memória

 

   will always love you - whitney houston  

(sou mesmo menina :D )

 

la soledad - laura pausini

(na partida do país que tanto amei... esta canção arrancou-me muito soluços!)

esta foi daquelas canções que parece que apareceu na altura certa da minha vida...para o drama é claro ;)

 

nasce selvagem - resistência

acho que esta canção é passível de paixão por parte de qualquer adolescente

 

 i can't help myself - kelly family

ok. confesso que não sei o que me deu. mas seria hipócrita fazer um top25 que não tivesse esta canção que na altura cantava com garra e emoção descontrolada!

 

experiência religiosa - henrique iglesias

no geral gostava do e.i. (o facto de cantar em espanhol aproximava-me a minha língua mãe)

esta música em particular fascinava-me pela sensualidade inerente à letra

 

smells like teen spirit - nirvana

 um som que dava a plena sensação de liberdade seguida de grande paz!

 

a minha casinha - xutos & pontapés

não é a minha música preferida da banda, mas marcou a minha fase de universidade e identificava-me muito pelas saudades que eu própria tinha da minha "casinha"

 

otherside -  red hot chili peppers

acho impossível não amar :D

 

 self stime - the offspring

é engraçado que pouco tenho a dizer sobre estas músicas para além do simples facto de me fazerem bem, de me darem um "good mood"

 

no final destes post termino sempre com uma excelente boa disposição! obrigada smurf pelo desafio :)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D