Follow my blog with Bloglovin

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mami

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

. lifestyle . | devaneio & introspeção | descobrir | experimentar | partilhar | viver | sentir | amar | lutar | conquistar | desafiar | vencer | felicidade de ser e estar e não saber se se quer mais

afinal do que é que os gajos gostam?

sei que somos todos muito diferentes, com formas particulares de estar e ver o mundo.

no entanto há coisas que eu, nem sei bem porque, achava, que era mais ou menos “o geral”.

ultimamente comecei a verificar, por diversas conversas com e entre amigos que o que nós gajas achamos que os gajos gostam (independentemente de nós gostarmos ou não) não é bem o que os gajos efetivamente gostam - frase complexa do complexo feminino.

assim, peço-vos também a vocês que me ajudem nesta minha investigação (que pouca fundamentação ou rigor científico possui): afinal do que é que os gajos gostam?

vá lá não custa nada, nem dói ;)

o que peço às minha camaradas de género é que identifiquem qual acham que é a preferência dos gajos em cada imagem (através da letra, n.º ou símbolo que contém por baixo).

a rapaziada agradeço honestidade e que identifiquem em cada imagem qual a sua preferência (através da letra, n.º ou símbolo que contém por baixo).

Vamos nessa?

 

tanga ou cueca?

1.png

 

que tipo de unhas eles preferem?

2.png

 

decotes arrojados ou transparências discretas?

3.png

 

cabelos longos ou curtos?

4.png

 

qual vestido gostaria de ver a namorada?

5.png

 

qual a escolha?

6.png

 

que maquilhagem prefere?

7.png

 

vá lá que já estou curiosa 

 

podem verificar os resultados aqui.

3 bancos de imagens gratuitas - os melhores!

Bancos de imagens gratuitas.png

o sentido predominante na forma como lido com o mundo é o da visão. crio imagens visuais na minha cabeça quando alguém me está a relatar determinada coisa, é instantâneo e por vezes pouco agradável!

são os impulsos visuais que cativam a minha atenção em primeiro lugar.

há alguns anos decidi valorizar este sentido e desenvolver esta paixão.

a fotografia e o desenho gráfico foram as áreas em que mais apostei. investiguei, fiz alguns cursos de curta duração, treinei muito. a internet traz-nos esta capacidade de descobrir e desenvolver paixões - ser autodidata.

comecei por perceber os princípios da fotografia e a pô-los em prática (de modo simples e amador), pela vontade de ter novas perspetivas sobre determinada realidade a captar, mais do que assegurar diferentes componentes técnicas.

com o desenho gráfico segui um caminho mais técnico e fiz/faço inclusive alguns trabalhos como freelancer. a combinação de vários fatores, desde os técnicos aos emocionais, é uma dinâmica que me desafia.

para estes trabalhos, para trabalhos de qualquer área profissional, para o blog e para todas as situações em que sejam necessárias imagens, partilho com vocês os 3 melhores bancos de imagens gratuitos com os quais já trabalhei -pois embora dê prioridade a trabalhos originais nem sempre conseguimos ter fotos nossas para assinar visualmente as nossas palavras.

.pixabay – é o que uso a mais tempo. tem a vantagem que aceita pesquisa em português.

.visual hunt – tem uma grande diversidade de fotografias com filtros.

.pexels – muito parecido com o pixabay mas a pesquisa tem de ser em inglês.

 

qualquer um destes bancos de imagens permite e agradece que também partilhes os teus contributos fotográficos ou vectoriais de modo a ajudar a comunidade a crescer e de algum modo a fazer uma troca justa de contributos. mas se a tua cena não é a criação de imagem (fotografia ou desenho) não te preocupes, não a obrigatoriedade de partilha de material.

embora a utilização da imagem seja gratuita eu, por princípio, identifico sempre a fonte da mesma.

 

conhecem/usam outros bancos de imagens?

as mulheres e o sexo

as mulheres e o sexo

as mulheres e o sexo - imagem retirada daqui

 

escutei várias vezes homens referirem que as mulheres estão menos predispostas para o sexo.
presenciei desabafos de mulheres que estavam radiantes por se terem "safado" de fazer sexo com o parceiro.
e eu, enquanto espécime do género feminino, tenho a declarar que não considero ter menos "vontade" ou “apetência sexual” do que o meu .mais.que.tudo. – não obstante questiono como se avalia efetivamente vontade.

sei que não sou a exceção entre as mulheres. as mulheres temos uma forma diferente de reagir e lidar com os nossos instintos mais primários, tirando-lhes a sua espontaneidade e envolvendo-os num emaranhado emocional e racional - indivíduos do género masculino, embora esteja evidentemente a chamar-vos básicos, em minha defesa quero que fique claro que considero, que no que refere ao sexo, essa característica é uma virtude.
os homens respondem aos seus instintos de forma física e básica- pouco de racional terão as suas ações neste contexto, exceção feita, espero eu, a assuntos de cariz ética e moral.
para as mulheres,  salvo as normais exceções, tudo é um processo. subsistem sempre muitas coisas na cabeça de uma mulher, ela não desliga. há complexidades emocionais (que podem ir até ao século passado!), carências (nem sempre –aparentemente- justificáveis), inseguranças (ui as inseguranças, reais e imaginárias), desejos e expectativas (o que criámos para nos tramar!). há um conjunto de diversas questões que condicionam a libertação da sua vontade, porque não separa o físico do emocional (questão já abordada em orgulho & relacionamentos)

o sexo é físico mas a mulher emoldura-o em emoção e debate-o com a razão. perfeito seria: deixar o físico arrebatar, a emoção acariciar e o racional. envolvido nesta sensação de leveza e bem-estar, validar a perfeita escolha do "deixar-se" ir.
infelizmente não é assim que funcionamos. temos a sensibilidade à flor da pele. a vontade de marcar a nossa posição, capa a nossa vontade e impede a primorosa possibilidade de libertação.

mulheres:

pelo pleno gozo da nossa sexualidade, por favor, sejam mais básica! ouçam, aceitem, respeitem e satisfaçam os desejos do vosso corpo.

permitam-se ser felizes: galhofem, sejam criativas, surpreendentes, sensuais e desafiadoras.

recordem sempre que: uma alma feliz só se desenvolve num corpo feliz.

 

constatações sobre a europa

a europa está louca!

- atentado em londres com 5 mortes e 40 feridos na ponte de westminter (um ano após o atentado em bruxelas que vitimou 31 mortos e 250 feridos)

- a ucrânia impede a representante russa no festival da eurovisão da canção de entrar no país, o que impossibilita a participação de julia samoilova na final que decorrerá em kiev 

-  o líder do eurogrupo faz afirmações depreciativas sobre os países do sul da europa, sem filtro algum!

“na crise do euro os países do norte mostraram solidariedade para com os países do sul. como social-democrata, a solidariedade é para mim extremamente importante. mas quem a pede, tem também deveres. não posso gastar o meu dinheiro todo em bebida e mulheres e depois disso ir pedir a vossa ajuda. este princípio vale para o nível pessoal, local, nacional e também europeu” - dijsselbloem (a red light street não é na holanda?!)

- armando vara, antigo administrados da caixa geral de depósitos, vais à comissão de inquérito e é vítima de um forte ataque de .... amnésia! 

- a primavera em vez de nos trazer sol traz-nos chuva e frio...mas porquê?! ninguém merece!

constatações sobre a europa

imagem retirada daqui

as aparências iludem

já aqui confessei a minha paixão pelo instagram. é a minha rede social favorita.

sou apaixonada por estímulos visuais, explosão criativa e enfoque nos detalhes.

claro que nem todas as contas têm este potencial, nem mesmo a minha - infelizmente (embora trabalho no sentido de a melhorar e potenciar, é um desafio pessoal torná-la melhor, mais rica, procurando que me satisfaça...o que de todo não é fácil  )

este vídeo curtinho propõe-nos uma reflexão sobre o outro lado do instagram... o que pode estar, ou não, por trás das fotografias que vemos.

 

constatações

a semana passada foi de loucos a nível de trabalho (penso que se notou por cá).

não sou rica, não tenho pais ricos, (ainda) não ganhei o euromilhões.

tenho excelente bom gosto, mas estou limitada (economicamente) na sua demonstração.

tenho por opção e por prazer uma vida social exigente.

adoro criar, aprender novas coisas, agarrar desafios!

sou dirigente associativa e voluntária por considerar fazer parte do meu dever cívico.

detesto segundas. detesto manhãs. super detesto segundas de manhã.

não suporto os “ai, ai, ai”, o dói-me o cabelo, nem o não sou capaz em vez do não me apetece.

 

isto tudo porquê?

porque as pessoas deveriam ser proibidas de me irritarem profundamente às segundas de manhã!

mais,

no geral e na eliminação do risco, as pessoas deveriam ser proibidas de comunicar comigo às segundas de manhã!

 constatações

 imagem retirada daqui

 

diz-se que: já estava com saudades de passar por cá de corpo, alma e mau feitio!

batido de aveia e maça

ingredientes:

.1 colher (chá) de farelo de aveia

.1 colher (chá) de sementes de chia

.1 colher (chá) de sementes de linhaça

.200ml de leite (de origem animal ou vegetal)
.1 maça

.1 colher (chá) de mel

.canela e gelo a gosto

 

preparação:

coloca as sementes de chia e de linhaça no leite e deixe repousar por 30m. junta todos os ingredientes (exceto o gelo e canela) na liquidificadora e tritura bem.  acrescenta o gelo e tritura novamente.

serve e finaliza com canela em pó.

 

diz-se que: é naturalmente delicioso!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

facebook

pinterest

blogs portugal

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D